DestaqueSerra Gaúcha

Vacaria inicia programa de castração de cães de rua

Vacaria iniciou outubro com a realização do programa de castração de cães de rua. A Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, juntamente com o Amigo do Bicho, estão à frente desta inciativa. O investimento total desse programa chega aos R$ 100 mil, incluindo o pós-operatório.

Recolhimento, castração e pós-operatório

Publicidade

O recolhimento será feito em parceira com o amigo do bicho, começando pelo centro da cidade e indo para os bairros. Assim que realizar a identificação, será dado um termo no momento da coleta dos animais, atestando que são realmente de rua, para que a comunidade testemunhe, assim, não correrá o risco de recolher um animal que porventura já tenha dono.

Logo após o recolhimento, o animal será levado até a clínica, lá será feito uma avaliação constando que aquele animal está apto para a castração.

O pós-operatório será feito na própria clínica, e o animal só será liberado quando receber alta e isso leva em torno de 7 dias para que o cachorro volte a comunidade. Com o apoio dos presidentes das associações de bairro e os agentes de saúde será possível identificar quais localidades possuem a população de cachorros mais expressiva e quais são as prioridades e, assim, fazer um cronograma para o início dos trabalhos.

Publicidade

A partir disso é possível fazer um controle populacional, e os animais que já estão na rua serão castrados para evitar superpopulação de cães.

Importante ressaltar que os presidentes dos bairros e as testemunhas serão muito importantes para a colaboração do processo. Caso algum dono solte seu cachorro para ser castrado, ele será responsabilizado por estar abandonando o animal. Por isso haverá a assinatura de um termo como prova de que aquele animal é realmente de rua. Se o animal for particular, o proprietário será responsabilizado e vai arcar com as despesas. Para o sucesso da ação é importante a população colaborar com os agentes para identificar estes animais de rua, para que possam fazer o recolhimento e dar continuidade na castração.

O atendimento e a identificação do local será através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente pelo telefone: (54) 3231-6478.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar