DestaquePorto Alegre

Retinopatia Diabética é tema de evento gratuito em Porto Alegre

No dia 28 de outubro, Porto Alegre recebe a campanha nacional Fique de olho – Retinopatia Diabética. A ação acontece no Instituto da Criança com Diabetes (ICD) com palestras ministradas pelo médico endocrinologista Balduino Tschiedel, diretor presidente do ICD, juntamente com o oftalmologista Abdo Abed e a jornalista Vanessa Pirolo.

Na ocasião, os profissionais irão abordar temas como “A Importância do controle glicêmico” e os “Aspectos práticos da prevenção da retinopatia diabética”, entre outros assuntos. O evento é gratuito e acontecerá das 9h às 12h, mas as pessoas interessadas deverão se inscrever pelo e-mail eventos@icdrs.org.br

Publicidade

Diabetes

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil possui 16 milhões de pessoas com diabetes. O porcentual de homens de Porto Alegre que apresentou o diagnóstico de diabetes dobrou (112,8%), entre os anos de 2006 e 2017, dados estes da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, publicada em julho de 2018.

Dados da pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo apontam que 77,2% dos indivíduos com diabetes tipo 2 não aderem ao tratamento no país, o que ocasiona sérias complicações. Uma delas é a retinopatia diabética, que afeta cerca de 40% das pessoas com diabetes.

Publicidade

As altas taxas de glicemia degeneram a retina e, com o tempo, a visão pode ser afetada, sendo a principal causa de cegueira. A retinopatia diabética pode ser de dois tipos: a não proliferativa, forma inicial da doença que é detectada quando os vasos do fundo do olho estão danificados, causando hemorragia e vazamento de líquido da retina, chamado de Edema Macular Diabético; e a proliferativa é diagnosticada quando os vasos da retina ou do nervo óptico não conseguem trazer nutrientes para o fundo do olho e por consequência, há formação de vasos anormais, que causam o sangramento.

Além de sensibilizar as pessoas sobre os riscos da retinopatia diabética, a campanha também tem como objetivos específicos: educar as pessoas para que mudem seus hábitos e consigam controlar as taxas de glicemia e incentivar a visita ao oftalmologista regularmente, para realizar os exames preventivos de visão.

Programação – Fique de olho – Retinopatia Diabética

  • 9h00 – Abertura – jornalista Vanessa Pirolo
  • 9h15 – A importância do controle glicêmico – dr. Balduino Tschiedel
  • 10h15 – Coffe Break
  • 10h30 – Aspectos práticos da prevenção da retinopatia diabética – dr. Abdo Abed
  • 11h15 – Influência da Farmacovigilância no tratamento – jornalista Vanessa Pirolo

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar