DestaqueLitoralRio Grande do Sul

Imbé lança segunda edição do projeto ‘Nossa Onda é Preservar’

Dando sequência às atividades de educação ambiental em Imbé, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca, Proteção Animal e Agricultura (SEMMAPA) lançou a segunda edição do projeto ‘Nossa Onda é Preservar’, em parceria com o Patrulha Ambiental da Brigada Militar, a Patram, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, a UERGS. As atividades de educação ambiental na faixa de praia iniciarão dia 10 de janeiro e ocorrerão sempre às sextas-feiras, até o final de fevereiro, entre as avenidas Santa Rosa e Garibaldi, no Centro, das 14h às 17h. A equipe responsável pelo projeto, liderada pelo secretário Clairton Alves, foi recebida pelo vice-prefeito Ique Vedovato, na última semana, no Centro Administrativo Municipal, para entrega das camisetas e apresentação dos dados do projeto.

Publicidade

Conforme o titular da pasta, Clairton Alves, a ação tem como objetivo principal abordar moradores e veranistas na faixa de praia e divulgar a diversidade, a beleza e a importância do Litoral Norte Gaúcho. “Também vamos conscientizar sobre a responsabilidade e os cuidados que se deve ter com a natureza e, principalmente, com o correto destino dos resíduos sólidos na beira da praia e na cidade em geral, além de explicações didáticas sobre os prejuízos ambientais que o descarte incorreto causa no meio ambiente como um todo”, complementa o secretário da SEMMAPA.

Com o uso de material didático, oficinas de desenho e pintura, exposição de animais taxidermizados, esqueletos de animais marinhos, como vertebra de baleia, crânio e casco de algumas espécies de tartarugas marinhas, mandíbula de tubarão, coleção didática de moluscos e entrega de material informativo, serão desenvolvidas orientações sobre conservação e função das dunas, importância da flora local e da fauna ocorrente na costa gaúcha, informações sobre o monitoramento e manejo da pesca no estuário da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, influência das correntes marítimas sobre o “mar chocolatão”, característico do nosso litoral. Também será abordado o descarte inadequado de resíduos sólidos na orla e em demais áreas da cidade.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.