DestaqueRegião Metropolitana

Oficina de queijos capacita agricultores em Viamão

A Emater/RS-ASCAR, conveniada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), e em parceria com a Escola Estadual de Ensino Fundamental Canadá e a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento de Viamão (SEAGRI), realizou uma nova edição da Oficina Rápida de Queijos e Derivados. Esta atividade faz parte do plano de trabalho da Instituição na área de segurança alimentar, no eixo de bovinocultura de leite, cooperativismo e agroindustrialização.

A oficina foi realizada atendendo à demanda dos agricultores e pecuaristas familiares e aconteceu na escola Canadá, no Passo do Vigário. O encontro contou com um grupo de 26 participantes, que puderam discutir e aprimorar técnicas de processamento de queijo colonial e minas, ricota, iogurte e doce de leite, além de receberem orientações para a produção de bebida láctea, achocolatado e Boas Práticas de Fabricação (BPF).

Publicidade

A extensionista da Emater/RS-ASCAR, nutricionista Claudiane Luz, foi quem ministrou o curso e alertou para a qualidade e a segurança do produto final. “A preocupação com o preparo é fundamental, pois não basta apenas termos um leite de qualidade e não nos atermos às questões de Boas Práticas de Fabricação”, disse, se referindo à responsabilidade técnica entre fabricante e consumidor.

A diretora geral da SEAGRI, Nayara Martelli, ressaltou a preocupação com as famílias que vivem do leite em Viamão e a importância da gestão pública em apoiar atividades como esta, que são promovidas pela Emater/RS-Ascar. Para ela, o processamento de leite e derivados é uma alternativa de renda e valor agregado aos produtos oriundos do campo. “Precisamos buscar alternativas práticas de qualificação acessível para as famílias envolvidas em toda cadeia produtiva”, analisa.

Durante o ano, a Emater/RS-ASCAR, juntamente com a SEAGRI e a Cooperativa Mista Campos de Viamão (Comcavi), realizou capacitações na área de melhoramento da qualidade do leite, alcançando bons resultados. A Oficina Rápida de Queijos e Derivados encerra os trabalhos deste ano, reafirmando o foco institucional em prestar uma Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (ATERS) completa.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar