DestaqueRS

Oito cavalos ganham um novo lar, em Pelotas

Animais da Hospedaria de Grandes Animais foram encaminhados para novos donos na primeira doação de 2020

Nesta sexta-feira (17) oito cavalos receberam um novo lar, ao serem encaminhados para novos donos na primeira doação deste ano realizada pela Hospedaria de Grandes Animais da Prefeitura de Pelotas. Nove pessoas participaram do sorteio para a escolha dos animais. O vice-prefeito, Idemar Barz, acompanhou a ação.

“Esses bichinhos estão bem alimentados, saudáveis, graças ao trabalho da equipe da Hospedaria, pois muitos chegam aqui maltratados. As doações têm a finalidade de proporcionar uma vida saudável, no campo, para estes cavalos, que já passaram por tanta dificuldade”, apontou o vice-prefeito, Idemar Barz.

Publicidade

Tradição de família

Igor de Ávila Fersula, acompanhado da esposa Roseane e do filho Arthur, foi o primeiro a ser sorteado para escolher o cavalo de sua preferência. Optou por um de porte menor, já que a intenção é que seja montado pelo pequeno Arthur, que assim como a sua irmã mais velha, é um fã de cavalos. “Ficamos sabendo da doação pelas redes sociais, e a intenção é levar o cavalo para o campo, um presente para o meu guri”, conta.

Resgate

Dos 17 cavalos que estavam disponíveis, 15 foram parar na Hospedaria porque se encontravam soltos em via pública, e outros dois foram resgatados pela equipe de Apreensão de Animais após denúncias de maus-tratos.

Publicidade
Fotos: Michel Corvello

Um deles, um equino branco da raça tordilho vinagre, era usado em veículo de tração, e carregava peso acima de sua capacidade. O outro, um cavalo mais velho, com cerca de 12 anos, apresentava escoriações no lombo quando chegou na Hospedaria. Agora os dois pastam tranquilos, recuperados e prontos para doação.

A Hospedaria estava com 36 cavalos no dia da doação (com os 8 que foram doados o número baixou para 28).

Para adotar um dos cavalos é preciso apresentar o talão de produtor rural (original e cópia), documento de identidade (original e cópia), e assinar o termo de adoção se comprometendo a levar o animal para a zona rural e não usá-lo para serviço de tração. Os adotantes devem custear os exames de anemia infecciosa e mormo, bem como o transporte do animal. Para mais informações o telefone da Hospedaria é 3271-9244.

Casa News
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar