NegóciosNovo Hamburgo

Fenac adere ao selo Turismo Responsável

Iniciativa estabelece protocolos sanitários para a realização de eventos, considerando as diretrizes internacionais e com validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

A Fenac – Experiências Conectam aderiu ao selo Turismo Responsável, uma iniciativa do Ministério do Turismo (MTur) para que a população se sinta segura ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos sanitários específicos para a prevenção da Covid-19 no Brasil. O programa estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor e integra a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo MTur, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades. A iniciativa ainda busca posicionar o Brasil no cenário nacional e internacional como um destino seguro e preparado para atender o novo perfil de turista que, na retomada das viagens e eventos de lazer e negócios, irá procurar por locais que assegurarem o cumprimento de medidas sanitárias e de higiene, por exemplo. Os protocolos do selo foram construídos pelo MTur em parceria com os segmentos, levando em consideração diretrizes internacionais, além da validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Publicidade

Para a Fenac, a adesão e obtenção do selo é algo natural. “Já nos primeiros momentos de evidência da epidemia do coronavírus no início do ano, que posteriormente se transformou em pandemia, nós trabalhamos fortemente para a segurança dos eventos”, pontuou o diretor-presidente da Fenac, Marcio Jung. Ele ainda explica que a Fimec 2020, que ocorreu em março, foi uma experiência real que a Fenac teve na realização de uma feira durante a pandemia. “Pelo fato de clientes da China serem grandes parceiros na Fimec, já em janeiro nós estávamos conversando sobre a situação da Covid-19 em relação à feira. Na época criamos um plano de ações de segurança extraordinário, antecipando uma série de medidas especificadas agora pelo selo Turismo Responsável”, explicou.

A iniciativa atende 15 diferentes segmentos e, dentro da promoção de eventos, prevê uma série de diretrizes a partir de um protocolo básico e outro específico para esta área. Algumas das normas previstas, que devem ser atendidas pelas promotoras, são: promover a medição de temperatura na entrada do estabelecimento de todos os que frequentarem o ambiente; assegurar lavagem e desinfecção de superfícies; promover a renovação de ar; assegurar distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas no acesso ao evento e dentro dos espaços; projetar ruas e corredores mais largos do que as recomendações pré-pandemia para feiras e eventos; entre outras medidas. Os protocolos podem ser conferidos na íntegra no site: www.turismo.gov.br/seloresponsavel.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.