Porto Alegre

Comércio e serviços não essenciais abertos em Porto Alegre até domingo

De hoje (7) a domingo (9), Porto Alegre permite o funcionamento dos estabelecimentos comerciais de rua, shoppings e centros comerciais, sem limitação de horário. Já o Mercado Público, Mercado do Bom Fim e salões de beleza e barbearias estão liberados a partir desta sexta-feira sem limitação de período, mas observadas as restrições de distanciamento e capacidade de lotação.

A autorização consta em decreto publicado nessa quinta-feira (6), em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa – página 1). A decisão foi tomada após reunião do prefeito Nelson Marchezan Júnior com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus. “Esta é uma regra excepcional para que o comércio possa aproveitar as vendas do Dia dos Pais”, afirma o prefeito.

O Mercado Público está autorizado a abrir 24 horas com ocupação máxima de 25% da capacidade. Não será permitido acesso às bancas, e o funcionamento deverá ocorrer com os portões fechados, à exceção dos espaços com acesso pela Praça XV de Novembro e avenida Borges de Medeiros. Estabelecimentos de alimentação poderão atender exclusivamente pelos sistemas de pegue e leve (takeaway) e telentrega (delivery).

Segundo o decreto, salões de beleza e barbearias estão liberados para atender ao público com equipes reduzidas e restrição do número de clientes simultâneos. A lotação nas salas de espera ou de recepção não poderá exceder a 30% da capacidade máxima prevista no alvará de funcionamento ou de proteção de prevenção contra incêndio. Também devem ser observadas a distância mínima de 4 metros entre os clientes e as regras de higienização.

As praças de alimentação de shoppings e centros comerciais não estão autorizadas a abrir, assim como bares e restaurantes de rua. Para a próxima semana, está sendo elaborado um planejamento de retomada gradual dos demais setores, em conjunto com as entidades empresariais e comerciais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo