Publicidade
Porto AlegreVariedades

Crianças visitam o passado em Sarau com Paulo Mendes

Crianças de escolas da Região Metropolitana de Porto Alegre, escoteiros e amantes do tradicionalismo visitaram o passado do Rio Grande do Sul pelas memórias do jornalista e escritor gaúcho Paulo Mendes. O encontro integrou a programação virtual do DTG Morro da Tapera e foi realizado na tarde desta quarta-feira (16/09) pelo YouTube. “Não somos melhores, nem piores. Somos diferentes. Temos uma cultura diferente e é isso que temos que preservar”, pontuou o autor, convidando seus leitores a uma reflexão sobre a cultura gaúcha.

O bate-papo sobre tradição rio-grandense foi inspirado no tema dos Festejos Farroupilhas de 2020: Gaúchos sem Fronteiras. Munido da sua trilogia Campereadas, Mendes falou sobre inspiração literária e sua infância em Júlio de Castilhos (RS). “Não importa se estamos no fundo de campo ou num arranha-céu, em Porto Alegre ou em Paris. O que importa é a nossa alma. O gaúcho tem que carregar os valores que nos passaram: a honestidade, o trabalho, a solidariedade e lutar contra as injustiças”. Semanalmente aos domingos, a obra do jornalista gaúcho pode ser conferida nas páginas do jornal Correio do Povo na coluna Campereada, onde fala sobre a alma do gaúcho, suas desventuras e memórias.

Publicidade

Para reverenciar o trabalho do autor, que conquista adeptos entre adultos e crianças de todas as idades, o Sarau Morro da Tapera reuniu apresentações de dança, canto, declamação de poesias e muito amor pelo Rio Grande. “Foi um momento virtual extraordinário, que trouxe para a internet a alma de nosso DTG. Mais do que um lugar, o departamento de tradição é um sentimento, uma energia que nos une em qualquer rincão”, frisou Luís Fernando Alves da Silva, coordenador do Projeto Gaúchos sem Fronteira e vice-presidente da Associação dos Servidores da Justiça do RS (ASJ).

Fotos: Reprodução Youtube

Um dos momentos de grande emoção foi quando as crianças do Grupo Escoteiro Tupi-Guarani apresentaram o Canto Alegretense. Cada um em sua casa, os lobinhos deram um show de melodia e integração. A live também contou com a participação de alunos das escolas Gabriela Mistral, João XXIII, Anchieta, Deodoro da Fonseca e Machado de Assis. “As apresentações foram simples como devem ser, uma forma de dialogar com o passado e demonstrar amor”, destacou Mendes.

A live segue gravada na conta do Youtube da ASJ e pode ser assista novamente no link: https://www.youtube.com/watch?v=vvkuTOwVLnE

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo