Publicidade
São LeopoldoVale do Sinos

São Leopoldo mantém suspensão das aulas presenciais até final de 2020

O decreto 9.695/20, assinado hoje (15) pelo prefeito de São Leopoldo Ary Vanazzi, altera o 9.598/20, suspendendo as aulas presenciais e atividades extracurriculares na rede pública municipal e estadual de ensino, incluídas as escolas conveniadas e contratadas do município, até o final do ano de 2020.

A novidade do decreto assinado hoje foi incluir na lista as escolas estaduais. O decreto entra em vigor a partir de amanhã, dia 16. Reunião com comitês de escolas e com o Cpers-Sindicato.

Publicidade

O secretário de Educação, Ricardo da Luz, voltou a se reunir nesta quinta-feira com representantes do 14º Núcleo do Cpers-Sindicato e do comitê de Escolas Estaduais de São Leopoldo, formado por professores, diretores de escolas estaduais, pais e alunos, para anunciar a acolhida do pedido pelo não retorno presencial das escolas públicas do município.

O secretário Ricardo parabenizou a todos pelo dia do professor e explicou a decisão. “Como gestão, entendemos que a pandemia não está encerrada, ela segue, ainda que de forma controlada. O nosso entendimento é que se liberarmos as escolas estaduais, a circulação de pessoas irá aumentar consideravelmente pela cidade, então, optamos por não abrir nenhuma escola pública”, explica.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo