Publicidade
Porto Alegre

Porto Alegre registra aumento de 24% na safra de pêssego 2020

Colheita na Capital aumenta e chega a 155 toneladas no ano

Os produtores de pêssego de Porto Alegre comemoram o crescimento na safra deste ano, que possibilitou a colheita de 155 toneladas da fruta. O número é 24% superior a 2019, quando foram colhidas 125 toneladas. O clima ameno, sem geadas e nem chuvas fortes no período de coleta, contribuiu para a produção da Capital. A informação é das 10 famílias que cultivam pêssego na cidade, ocupando um total de 20 hectares, no bairro Vila Nova, na Zona Sul.

“O clima nos favoreceu de várias formas. Este ano, temos uma fruta mais doce, o que ajuda nas vendas. Também temos uma maior demanda, o que possibilita aplicar preços mais acessíveis. Todos ganham: nós, produtores, e o consumidor final”, destaca a produtora Giordana Piber.

Publicidade

A estimativa é de que até 60% desta produção seja comercializada na Feira do Pêssego, que ocorre na Praça XV, no Centro Histórico, até o dia 3 de dezembro. O número é equivalente a 93 toneladas. O restante será escoado nas Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa) e nas bancas dos produtores em bairros como Vila Nova, Ipanema e Campo Novo.

Feira do Pêssego – A tradicional Festa do Pêssego de Porto Alegre foi transformada em feira neste ano e está localizada na Praça XV, Centro Histórico, de segunda a sábado, das 9h às 17h. São vendidos dois tipos da fruta: pêssego de polpa branca (Sulina, Premier, Kampar e Chimarrita) e de polpa amarela (Peach Rubimel mesa e Maciel para compota). O preço do quilo das frutas menores varia entre R$ 4 e R$ 5. Já o das maiores vai de R$ 7 a R$ 10. A realização da feira tem o apoio da Coordenação de Fomento de Atividades da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo