Rio Grande do Sul

Rio Grande faz hoje mutirão de vacinação contra a gripe

A Secretaria de Município da Saúde de Rio Grande programou para esta sexta-feira (14), um mutirão para vacinar contra a gripe Influenza (H1N1). Para essa ação, vão ser montadas estruturas em três locais para receber as pessoas e em cada um estarão disponíveis 500 doses da vacina. A vacinação ocorre das 9h ao meio-dia.

Um dos locais é o estacionamento do shopping Praça, onde haverá equipes vacinando no sistema de drive-thru para aplicar os imunizantes. Os outros dois locais são a Escola Wanda Rocha, no Cassino, e o Ipiranga Atlético Clube (IAC).

A vacinação nestes locais é específica para professores das redes pública e privada, idosos com mais de 60 anos, para quem trabalha na área da Saúde, para gestantes e puérperas.

Documentos

Conforme o Núcleo de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, para se vacinar são exigidos documentos de identificação e, quem possuir carteira de vacinação, deve levar, também.

Para quem trabalha na área da saúde ou é professor é necessário comprovar que está em atividade, sendo possível apresentar carteira assinada ou um contracheque ou crachá atualizado, tanto para quem é da área pública como privada.

Crianças

A Secretaria da Saúde informa que continua vacinando crianças de seis meses a cinco anos e 11 meses e 29 dias que ainda não foram levadas às Unidades de Saúde para receber a vacina contra a H1N1.

Para elas, as vacinas só são aplicadas nessas unidades. O Núcleo de Imunizações recomenda não levar crianças nas ações do mutirão, pois elas precisam de locais específicos para receber a dose da vacina, como local adequado para deitar e ser vacinado.

“As crianças quando são encaminhadas para vacinar nas Unidades de Saúde não vão apenas para receber esse imunizante, mas para atualizar a carteira de vacinação”, explica Valéria Risso, que coordena o Núcleo.

A vacinação contra a H1N1 foi iniciada em 12 de abril. Naquela data, começaram a ser vacinadas as crianças de seis meses a cinco anos e 11 meses e 29 dias, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas (mulheres com até 45 dias do pós parto), indígenas e trabalhadores da Saúde.

Para receber a vacina da gripe, a pessoa deve aguardar um período de 15 dias, caso tenha recebido alguma vacina contra a Covid-19.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo