Porto AlegreVariedades

OSPA apresenta obra rara de Brenno Blauth e Beethoven no sábado (26/6)

O quarto concerto da Série Casa da OSPA destaca uma obra do compositor gaúcho Brenno Blauth que até hoje teve pouquíssimas execuções e também uma das sinfonias menos conhecidas do mestre alemão Ludwig van Beethoven, a quarta.

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), instituição da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), recebe como convidado direto de São Paulo o maestro Emiliano Patarra, diretor artístico da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos e da Orquestra GRU Sinfônica e diretor do Conservatório Municipal de Guarulhos.

Pela primeira vez nesta temporada haverá um solo de sopro, com o flautista da OSPA Henrique Amado. O concerto é neste sábado, 26 de junho, às 17h, com transmissão online e público limitado a 15% da capacidade da Sala de Concertos da Casa da OSPA. O ingresso é a doação de 1kg de alimento perecível (mais detalhes no serviço).

O concerto representa uma oportunidade única de ouvir a obra “Concertino para flauta e orquestra de cordas”, de Brenno Blauth (1931 – 1993). Após a estreia, em 1975, no Rio de Janeiro, a peça só foi executada duas ou três vezes e não possui gravação conhecida. Sendo assim, a filmagem do concerto do próximo sábado, que permanece disponível no YouTube após a transmissão ao vivo, pode ser o primeiro registro da música deste importante compositor gaúcho que se tornou referência nas salas de concerto brasileiras. O concertino é novidade até para o flautista Henrique Amado, que será o solista da apresentação.

Ainda em clima de comemoração aos 250 anos de Ludwig van Beethoven (1770-1827), celebrados em 2020, a OSPA viaja até a Europa do século 19 na segunda parte do concerto para executar “Sinfonia nº 4 em Si bemol maior, Op. 60”. A peça estreou em 1807, sob regência do próprio Beethoven, em Viena. Menos badalada do que as sinfonias mais ambiciosas do músico, a obra chama a atenção por sua introdução lenta e misteriosa.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo