Canoas

Auxílio Emergencial Canoense 2022 já ultrapassa 11 mil inscritos

Serão beneficiadas cinco mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, com renda per capita máxima de até meio salário mínimo

A Secretaria Municipal de Governança e Enfrentamento à Pandemia confirmou, nesta quarta-feira (12), que o programa Auxílio Emergencial Canoense de 2022 recebeu 11.189 inscrições, sendo 8.830 consideradas válidas. Desse total, 7.435 são mulheres, que incluem 736 lactantes e 230 gestantes, e 1.395 homens.

As inscrições foram feitas de 4 a 9 de janeiro, no site da Prefeitura de Canoas, em quatro subprefeituras (Centro, Noroeste, Sudeste e Sudoeste) e na EMEF Erna Würth, no Ginásio CAIC (quadrante Nordeste). Ao todo, serão beneficiadas até cinco mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, com renda per capita máxima de até meio salário mínimo.

Os selecionados serão escolhidos por um comitê técnico criado pela Prefeitura com base em uma série de critérios, como:

  • Valor da renda per capita
  • Número de filhos em idade escolar
  • Número de idosos e deficientes na família
  • Famílias que não recebem nenhum tipo de auxílio governamental
  • Mulheres chefes de família
  • Desempregados

A lista dos selecionados será divulgada no dia 18 de janeiro, no site da Prefeitura: canoas.rs.gov.br. A partir da seleção, o próximo passo será o envio das listas para confecção dos cartões Banricard e TEU, que garantem os benefícios. Em seguida, ocorrerá a entrega dos cartões aos selecionados que ainda não contam com os serviços, assim como os cronogramas com as datas para o início dos trabalhos à comunidade.

Benefícios

O programa vai fornecer, por mês, uma ajuda financeira de R$ 200, auxílio transporte de R$ 96, além de curso de qualificação profissional. Em contrapartida, os beneficiários devem fazer 4h mensais de serviços à comunidade, como jardinagem, limpeza ou manutenção, em postos de saúde e escolas, como forma de inclusão no mercado de trabalho. O benefício terá duração de três meses, renováveis por mais três.

Pagamento

O valor de R$200 será pago através do cartão Banricard, após a prestação de serviços à comunidade, e o auxílio transporte de R$ 96 pelo cartão TEU. Os beneficiários que permaneceram no programa deverão usar os mesmos cartões das edições anteriores.

Segundo o prefeito Jairo Jorge, o objetivo é seguir ajudando as famílias mais atingidas pelos efeitos sociais e econômicos da pandemia de Covid-19. “A continuidade do programa é essencial para a retomada do desenvolvimento, recuperação da economia local e, principalmente, para amparar os canoenses que mais necessitam. É um esforço coletivo, para, juntos, amenizarmos os efeitos da pandemia. Nosso governo tem a missão de cuidar das pessoas”, destacou.

Minimizar os impactos da pandemia

O Auxílio Emergencial Canoense foi criado em março de 2021 para socorrer as famílias mais atingidas pelos efeitos socioeconômicos da pandemia de Covid-19. Somando as duas edições, o programa já liberou mais de R$ 7,3 milhões aos beneficiados.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo