NotíciasRio Grande do Sul

São Leopoldo disponibiliza reforço contra a Covid-19 para público a partir dos 18 anos

Nesta segunda-feira, dia 26, São Leopoldo São Leopoldo mantém a aplicação da quarta dose, ou segunda dose de reforço, contra a Covid-19 para pessoas a partir dos 18 anos, com ou sem comorbidades. Os imunizantes ficam disponíveis de forma descentralizada em 13 unidades básicas de São Leopoldo.

Publicidade

Sete UBS oferecem de segunda a sexta-feira de maneira fixa: Scharlau, Rio Branco, Materno Infantil, Trensurb, Brás, Santa Marta e Vicentina. Na segunda, as unidades Campina, Santo André, Cohab Duque, Padre Orestes, Paim e Campestre também disponibilizam as doses.

O horário de funcionamento das UBS é das 8h30 às 12h e das 13h às 16h30. Com exceção da UBS Vicentina, que funciona até às 18h30.

Publicidade

Por priorizarem a vacinação da BCG, três unidades não aplicarão a vacina Covid nos seguintes dias e turnos: UBS Materno Infantil (segunda/tarde), UBS Padre Orestes (quarta/manhã) e Ubs Scharlau (sexta/manhã).

Terceira dose

O tempo de intervalo entre as doses permanece de quatro meses da segunda. Com exceção dos imunossuprimidos, que necessitam de apenas 28 dias de intervalo. Para quem tomou Janssen, é equivalente à segunda de reforço para pessoas de 18 a 39 anos.

Quarta dose

O intervalo de tempo entre a terceira e quarta dose é de quatro meses. Está disponível a quarta dose para pessoas com ou sem comorbidades acima dos 18 anos, com intervalo de quatro meses da terceira. Para Janssen, é a terceira de reforço para pessoas a partir dos 40.

Vacinação Infantil

A Pfizer Baby será aplicada em crianças a partir dos 6 meses até crianças de 2 anos, 11 meses e 29 dias, com comorbidades. Na segunda-feira, dia 26, na UBS Padre Orestes e na quarta-feira, dia 28, na UBS Materno Infantil. O horário de funcionamento para a aplicação da Pfizer Baby é das 8h30 às 12h.

Esquema vacinal de três doses, entre a primeira e a segunda deve ter um intervalo de quatro semanas e, para a terceira dose, o intervalo será de oito semanas.

Comorbidades: Diabetes Mellitus; Pneumopatias; Hipertensão arterial resistente; Doenças cardiovasculares; Imunocomprometidos; Doenças neurológicas crônicas; Hemoglobinopatias graves; Obesidade mórbida;Síndrome de Down;Cirrose Hepática.

Vacina CoronaVac/Butantan

Com o baixo número de doses de CoronaVac/Butantan, a vacina em crianças a partir dos três anos estará em unidades específicas. Na segunda-feira, as UBS que estarão aplicando esta vacina serão: Rio Branco e Vicentina.

Segunda dose Infantil

A aplicação da segunda dose da CoronaVac/Butantan com o intervalo de 28 dias da primeira. Já a segunda dose da Pfizer pediátrica é aplicada com intervalo de 8 semanas completas.

Documentos necessários

Para ter direito à aplicação, os imunossuprimidos devem comprovar as doenças através de laudos. Para receber a dose é preciso levar documento com foto.

Via
Romeu Finato
Fonte
Scom/PMSL
Botão Voltar ao topo