EducaçãoNotíciasSanta Catarina

Reitoria da UFSC quer manter o atendimento nas clínicas odontológicas

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está tomando medidas para garantir o funcionamento adequado de suas clínicas odontológicas.

A UFSC está tomando medidas proativas para garantir que suas clínicas odontológicas continuem a funcionar adequadamente. O reitor Irineu Manoel de Souza tem se envolvido pessoalmente para garantir que as demandas do Departamento de Odontologia sejam atendidas. Ele reconhece a importância das clínicas, que prestam serviços gratuitos a centenas de membros da comunidade.

Publicidade

Os estudantes e professores do curso de Odontologia têm expressado suas preocupações sobre vários problemas, incluindo a falta de manutenção dos equipamentos, a higienização das clínicas, a infraestrutura dos ambientes e a necessidade de pessoal.

A Pró-Reitoria de Administração (Proad) está trabalhando para contratar uma empresa para manter os equipamentos das clínicas. O processo está em andamento e a prestação de serviço deve ser contratada em breve.

Publicidade

A Proad também orientou a direção do Centro de Ciências da Saúde (CCS) a contratar uma das empresas que apresentaram cotação para a formação dos preços da licitação em andamento, a fim de realizar as manutenções imediatamente. Esses reparos já estão sendo feitos pela empresa.

Além disso, a Proad incluiu o serviço especializado de limpeza das clínicas na elaboração do edital para um novo contrato de limpeza para toda a Universidade. A expectativa é que o novo contrato seja assinado em meados do primeiro semestre de 2024.

Infraestrutura

Em relação às condições de infraestrutura das clínicas, a Prefeitura Universitária (PU) realizou inspeções nos dias 25 e 26 de outubro, identificando pequenos problemas que não impedem o funcionamento. A equipe da PU constatou que não há risco estrutural nos ambientes (lajes, pilares e vigas de concreto armado). Na cobertura, foram encontrados indícios de infiltração no edifício. A infiltração não impede o uso das clínicas, mas será objeto de manutenção pela empresa contratada para manutenção predial de cobertura e impermeabilização.

Também foram encontrados problemas em um quadro elétrico de ar condicionado – cuja manutenção será realizada por empresa contratada para manutenção de sistemas elétricos de baixa tensão – e danos em pisos e forros. Neste último caso, a PU vai monitorar a situação e elaborar um calendário de serviços que não prejudique a agenda de atendimentos das clínicas.

Pessoal

As iniciativas da gestão incluem ainda o atendimento a demandas de pessoal. A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) promoverá uma chamada pública para vaga de odontólogo. A chamada deve ser divulgada até o final do ano, para que o profissional possa atuar ainda no primeiro semestre de 2024. O odontólogo poderá atender e orientar pacientes das clínicas e executar tratamentos odontológicos e assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

A Pró-Reitoria de Graduação e de Educação Básica (Prograd) autorizou a contratação de mais quatro professores substitutos para o Departamento de Odontologia, sendo um com justificativa do próprio Departamento e três com justificativas emprestadas de outros Centros de Ensino. Com isso, o Departamento passará a contar com oito professores substitutos.

Botão Voltar ao topo