EducaçãoTecnologia & Inovação

Passo Fundo Valley é um marco na inovação e pesquisa

A UPF e a Prefeitura de Passo Fundo inauguram o distrito de inovação, estabelecendo um novo padrão para a pesquisa e inovação no Rio Grande do Sul.

A Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Prefeitura de Passo Fundo deram um grande passo em direção ao futuro com o lançamento do distrito de inovação Passo Fundo Valley. Este projeto inovador, o primeiro de seu tipo no Rio Grande do Sul, visa unir os campos de pesquisa e inovação, com ênfase na atração de empresas de diversos setores como agronegócio, agroenergia, serviços, saúde e mais.

Com um investimento inicial superior a R$ 13 milhões, provenientes da Finep e com a contribuição da UPF e da Prefeitura de Passo Fundo, o Valley se estenderá por mais de 10 hectares, divididos em 17 lotes. Estes lotes podem acomodar um único negócio ou um grupo de negócios, dependendo dos projetos propostos.

Publicidade

Durante o evento de lançamento, que contou com a presença da comunidade acadêmica, líderes regionais e o setor produtivo, a reitora da Universidade, Bernadete Maria Dalmolin, destacou que o Valley é fundamentado na educação, nos negócios e na pesquisa. O objetivo é auxiliar na criação e desenvolvimento de soluções que atendam às necessidades reais da sociedade.

Reitora da Universidade de Passo Fundo, Bernadete Maria Dalmolin – Foto: Divulgação UPF

O prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, vê o lançamento do Valley como um marco que consolida a cidade como um centro de inovação. Ele acredita que o projeto, que é resultado de mais de 15 anos de inovação da UPF, tem o potencial de atrair grandes players para um condomínio em uma área nobre para o desenvolvimento de projetos.

Publicidade
Passo Fundo Valley – Foto: Divulgação UPF

O novo distrito de inovação tem como objetivo expandir o alcance do único Parque Científico e Tecnológico da região Norte do Rio Grande do Sul, o UPF Parque, que em 2023 completa 10 anos. Para se tornar parte do Passo Fundo Valley, os interessados deverão participar de um edital, que está previsto para ser lançado em março de 2024. As propostas serão avaliadas pelo conselho técnico do Parque.

Botão Voltar ao topo