Negócios

Fundo Social, mantido pela Sicredi Pioneira RS, ajuda escolas

Os recursos disponibilizados para os projetos contemplados pelo Fundo Social podem não parecer muito, mas fazem a diferença para as centenas de entidades contempladas. Os alunos escola de educação infantil Bem Querer do Vale Real agora possuem tapetes confortáveis nas salas de aula, graças ao recurso do Fundo Social.

Publicidade

O projeto “cantinho do aconchego” foi contemplado com R$ 3.000,00 e com o recurso, a escola adquiriu vários tapetes lúdicos e temáticos de espuma, com a superfície feita de napa, que não acumulam sujeira ou pó e são fáceis de limpar. Com esta aquisição, puderam proporcionar aos alunos um ambiente acolhedor, dinâmico e criativo para a realização das atividades escolares.

Segundo a diretora Raquel Weber, o projeto iniciou em função da necessidade de oferecer às crianças um espaço adequado para fazer as atividades no chão. “Nós tínhamos outros tapetes, mas precisávamos de algum tipo que não acumulasse tanta sujeira e pó. E através do projeto do Fundo Social, adquirimos os tapetes para todas as salas de aula. Ficamos muito felizes, pois vimos a satisfação das crianças quando os tapetes chegaram”, disse ela.

O Fundo Social, mantido pela Sicredi Pioneira RS, existe há três anos, período em que já repassou mais de R$ 1,5 milhões para entidades sem fins lucrativos e escolas da área de atuação da cooperativa. São centenas de espaços que estão recebendo melhorias para desenvolver seus projetos e melhor atender seu público. O Fundo Social só se viabiliza porque os associados fazem suas movimentações bancárias com a instituição, gerando resultado positivo para a Pioneira.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar