Geral

Equipe do Projeto Praia Limpa leva bom humor e conscientização à beira mar

Projeto promoveu uma série de ações de educação ambiental em Balneário Camboriu

Com vassoura, rodo e balde em mãos, as palhaças Sorella e Sollí interagiram com os banhistas da Praia Central na tarde desta sexta-feira (19). Elas estão reforçando as ações do Projeto Praia Limpa para sensibilização dos veranistas quanto ao descarte correto do lixo.

Publicidade

Sorella e Sollí distribuíram apitos na praia. A intenção foi deixar todos em alerta quando alguém esquecer sujeira no chão. “Toda vez que alguém jogar lixo no chão, tem que apitar. Quando a pessoa recolher, tem que aplaudir”, ensinou Sorella aos banhistas.

A turista argentina Maria Eloisa Sicardi rapidamente tornou-se em uma fiscal do meio ambiente. Atenta, ela apitou no tempo certo quando viu sujeira no chão. “Me encanta a ação. É preciso ter alegria”, disse a turista.

Há 32 dias em Balneário Camboriú, o bancário aposentado Paulo Cesar Machado Carneiro, de Campo Mourão (PR), também aprovou o uso da arte da palhaçaria na abordagem de assuntos sérios. “Precisa disso. Tem muita gente que não tem consciência ambiental”, comentou.

Publicidade

O chileno Mauricio Ortuya teve seu momento de fama. Ao levantar para levar resíduos de plástico até uma lixeira, ele foi ovacionado. “Ele está indo na lixeira, vamos ver o que ele vai fazer. Quando ele voltar, tem que ser recebido com muita salva de palmas”, combinou Sollí com os banhistas. “Muito boa a ação, é um exemplo para muitos lugares”, opinou Ortuya.

A intervenção artística de Sorella e Sollí dura cerca de 40 minutos. As palhaças são interpretadas por Monique Neves e Bruna Pierami, que integram a Cia As Mareadas. A dupla vai atuar às sextas-feiras, sábados e domingos nas praias que integram o Projeto Praia Limpa (Central, Taquaras, Estaleiro e Estaleirinho). Neste sábado (20), a intervenção ocorrerá na Praia do Estaleiro, às 11h. No domingo (21), a ação será em Taquaras, também às 11h.

Projeto termina em 13 de fevereiro

O Praia Limpa, que visa à sensibilização ambiental de turistas e moradores, tem como foco, neste ano, o lixo marinho, que além de poluir as águas, mata animais como peixes, tartarugas e aves. O projeto é realizado pela Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento e Integração Ambiental (IDEIA).

O Praia Limpa 2018 começou em 4 de janeiro, com distribuição de sacolas de lixo e de pulseiras de identificação de crianças, instalação de lixeiras e ações de educação ambiental. Participam do projeto estagiários de cursos de graduação, que atuam sensibilizando banhistas sobre questões ambientais. O projeto termina em 13 de fevereiro. Na Praia Central, as tendas do Praia Limpa (localizadas na altura da Praça Tamandaré e das ruas 2001, 1401, 2500 e 3700) estão abertas das 10h às 15h. Nas praias agrestes, as barracas atendem o público das 11h às 16h.

Fotos: Celso Peixoto

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar