RS

Estado fecha semana quitando salários de até R$ 3 mil

Com mais esse depósito, pagamento integral da folha de fevereiro alcança 208 mil matrículas, 61% do funcionalismo

O governo do Estado quita, ainda nesta sexta-feira (9), os salários dos servidores com rendimento líquido entre R$ 1.750 e R$ 3.000. Dessa forma, o pagamento integral da folha de fevereiro alcança um total de 208.199 vínculos do Poder Executivo, o que representa 61% da categoria com os vencimentos integralizados desde a virada do mês. Para atender a mais esse grupo de servidores (87.769 vínculos), a Secretaria da Fazenda (Sefaz) precisou ter em caixa um total de R$ 215,5 milhões, provenientes do início do calendário de recolhimento do ICMS.

O recurso vai entrar na conta corrente no início da noite. Ainda na quinta-feira (8), foram pagos os salários para os servidores com rendimento líquido entre R$ 1.200 e R$ 1.750, o que representou 35% do funcionalismo. Segue a previsão de quitar os salários para os demais funcionários até a próxima terça-feira (13), sempre de acordo com o comportamento da receita ao longo do período.

No mês passado, a Sefaz registrou uma receita líquida de R$ 2,521 bilhões, enquanto as despesas somaram R$ 3,690 bilhões. A parte líquida da folha de fevereiro fechou em R$ 1,216 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Poder Executivo contempla 342 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Folha salarial de fevereiro – Servidores do Poder Executivo

Dia 28/2 – Até R$ 1.200 líquidos (54 mil matrículas) – R$ 55,5 milhões
Dia 28/2 – Segunda parcela do 13º salário de 2017 – R$ 118, 2 milhões
Dia 28/2 – Indenização pelo atraso/folha de janeiro – R$ 1,3 milhão
Dia 2/3 – Salário integral/servidores das Fundações – R$ 25 milhões
Dia 8/3 – Até R$ 1.750 líquidos (120 mil matrículas no acumulado) – R$ 105.4 milhões
Dia 9/3 – Até R$ 3 mil líquidos (208 mil matrículas no acumulado) – R$ 215,5 milhões

Informações da Secom/GERS

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios