Negócios

Dana assina acordo de compra e venda com a Divisão de Driveline da GKN

A Dana anunciou nesta sexta-feira (9) que assinou acordos definitivos para a combinação de suas operações com as da Divisão de Driveline da GKN. O negócio cria a Dana Plc, composto por US$ 1,6 bilhão para a GKN Plc, assumindo cerca de US$ 1 bilhão de passivos líquidos de fundo de pensão e 133 milhões de novas ações da Dana Plc emitidas para os acionistas da GKN, avaliadas em aproximadamente US$ 3,5 bilhões (com base no preço da ação da Dana de 8 de março de 2018).

De acordo com os termos dos acordos, os acionistas da Dana serão proprietários de aproximadamente 52,75% das ações da empresa e os acionistas da GKN, 47,25%. A empresa combinada, Dana Plc. terá sua sede fiscal no Reino Unido, com ações negociadas em Wallstreet como DAN.

Razão estratégica convincente para a combinação

Aumentar a escala do portfólio: com vendas proforma de aproximadamente US$ 13,4 bilhões em 2017, a empresa será líder global em sistemas de acionamento de veículos em todos os três principais mercados de mobilidade – veículos leves, veículos comerciais e off-highway.

Líder em eletrificação de veículos: o portfólio de tecnologia Core eDrive posiciona de forma exclusiva a empresa para explorar as oportunidades de eletrificação em um mercado em rápida mudança com potencial de crescimento significativo. Completando a plataforma: a nova empresa fornecerá cobertura global a todos os principais clientes com um portfólio de produtos aprimorado, mercados finais equilibrados e uma presença geográfica diversificada – fortalecendo a presença da empresa em mercados-chave como a China.

Valor de entrega: a empresa combinada terá um sólido balanço e a transação deverá resultar em US$ 235 milhões de sinergias de custos anuais dentro de três anos a serem acrescidos aos ganhos no primeiro ano completo.

Com sede no Reino Unido, a GKN Driveline construiu posições de liderança de mercado em três segmentos de produtos de veículos leves: eixos de transmissão articulados de velocidade constante, sistemas de tração integral e soluções de transmissão eletrificada. A companhia tem experiência em sistemas mecânicos, controle eletrônico e de software e particularmente integração de veículos. A transação também inclui o negócio Off-Highway Powertrain Services da GKN, especialista em entrega e serviço de energia off-highway.

Com cerca de 35 mil funcionários, a GKN Driveline opera em 23 países e possui 61 locais de fabricação, incluindo uma das maiores empresas de transmissão na China por intermédio da joint venture Shanghai GKN Huayu Driveline Systems (conhecida como SDS). Em 2017, o negócio gerou vendas consolidadas de aproximadamente US$ 6,2 bilhões.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo