BrasilNegócios

Clean lifers: tendência de consumo em 2018

Os consumidores estão adotando estilos de vida mais clean e minimalistas, tendo a moderação e a integridade como principais elementos. Essa movimentação é chamada de Vida Limpa pela Euromonitor International e é apontada como uma das dez principais tendências de consumo para 2018 no relatório Top 10 Global Consumer Trends for 2018.

Segundo Alison Angus, head da pesquisa de Lifestyles da Euromonitor International e autora do relatório, essa nova geração de consumidores “sem vícios”, que reúne em sua maioria pessoas de 20 a 29 anos com bom nível de escolaridade, cresceu em meio à grande recessão, ao terrorismo e aos cenários políticos conturbados. Eles possuem uma visão de mundo mais ampla do que as gerações anteriores e se interessam em viver uma vida mais ordenada.

“Os consumidores influenciados por essa tendência possuem fortes crenças e ideais. Eles são menos tolerantes e mais céticos. Acreditam que são capazes de fazer a diferença e isso influencia suas escolhas de consumo. Isso significa dizer não com mais frequência: não ao álcool, não aos hábitos não saudáveis, não aos produtos que contêm ingredientes de origem animal e, cada vez mais, não ao consumo desmedido ou desinformado. Esse grupo possui uma necessidade de impressionar que está menos relacionada às posses e mais voltada às experiências que gostariam de compartilhar”, comenta Angus.

Essas atitudes e preferências causam grandes rupturas nos negócios que já estão sendo identificadas pelas marcas. O relatório traz como cases a aquisição da Seedlip, a primeira empresa de destilados não alcoólicos do mundo, pela Diageo, e o lançamento da cerveja sem álcool da Heineken, que leva o mesmo nome.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo