Geral

Inter x Atlético-PR: números e curiosidades do confronto

Depois de uma longa parada para a disputa da Copa do Mundo na Rússia, a bola volta a rolar para valer nesta quinta-feira (19/07), quando o Colorado enfrenta o Atlético-PR, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, foram 36 dias de espera para ver o Inter em campo novamente. Para inicar o aquecimento da partida, fique por dentro dos principais números e curiosidades deste confronto, que teve seu debute em 1968.

Você sabia?
Um dos clubes que deu origem ao Atlético Paranaense também se chamava Internacional, que fez uma fusão com o América, também de Curitiba, em 1924. Joaquim Américo Guimarães, fundador do Inter do Paraná, até hoje dá o nome de forma oficial à Arena da Baixada.

Primeiro a vencer na Arena da Baixada
Símbolo de crescimento do clube paranaense, a Baixada se tornou Arena no ano de 1999, com a primeira grande reforma do estádio. Foi um verdadeiro marco na história do clube. A partir daí, o Furacão voltou a brigar e conquistar grandes títulos, sendo praticamente imbatível dentro dos seus domínios. O primeiro time a superá-lo dentro da Arena da Baixada foi justamente o Inter, no Campeonato Brasileiro de 1999.

O jogo foi válido pela 7ª rodada da primeira fase, no dia 25 de agosto. Após sair atrás no placar, com gol marcado por Kelly, ídolo do rubro-negro, o Inter não demorou para reagir. O centroavante Celso igualou cinco minutos mais tarde. A partida foi definida já no final da segunda etapa, quando Claiton decretou a vitória de virada para o time colorado. As duas equipes contavam com nomes importantes. Se de um lado defendiam o Inter jogadores como Dunga, Fabiano e Lúcio, do outro lado estavam Lucas, Kléber Pereira e Adriano Gabiru (sim, ele mesmo).

Atlético-PR (1): Flávio; Alberto Valentim, Gustavo, Reginaldo e Vanin (Paulo Diniz); Axel, Clóvis (Fabiano), Kelly e Adriano Gabiru; Kleber Pereira (Kleberson) e Lucas. Técnico: Vadão.

Internacional (2): Preto (João Gabriel); Gonçalves, Lúcio e Ronaldo Alves; Enciso, Ânderson, Dunga, Lúcio Flávio (Claiton) e Elivélton; Fabiano e Celso (Zezinho). Técnico: Valmir Louruz.

Números do confronto
Ao todo, Internacional e Atlético-PR se enfrentaram em 54 oportunidades, com uma vantagem de três vitórias para o Colorado. O Furacão, por outro lado, venceu o primeiro confronto, por 3 a 1, na fase classificatória do torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1968. Os números são de jogos válidos também por Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Sul-Minas e Seletiva da Libertadores. Confira abaixo:

54 jogos
20 vitórias do Inter
17 vitórias do Atlético-PR
17 empates
74 gols do Inter
61 gols do Atlético-PR
Fonte: site www.ogol.com.br

Maior goleada
O placar mais elástico em duelos entre as duas equipes ocorreu em 2004, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi uma tarde inspirada do meia-atacante Danilo, autor de quatro gols, e o Inter acabou goleando por 6 a 0 o time paranaense, que seria o vice-campeão daquela edição. Os outros gols foram marcados por Fernandão e Alex. Detalhe que cinco dos seis gols foram marcados na primeira etapa. No segundo tempo, Clemer ainda defendeu um pênalti batido pelo centroavante Washington.

Internacional (6): Clemer; Alexandre Lopes, Sangaletti e Vinícius; Gavilán (Bolívar), Edinho, Marabá (Fernando Miguel), Fernandão (Wellington) e Alex; Rafael Sobis e Danilo. Técnico: Joel Santana.

Atlético-PR (0): Diego; Marinho, Igor e Alessandro Lopes (William); Pingo, Alan Bahia, Fernandinho (Raulen), Ilan (Marcão) e Ivan; Dagoberto e Washington. Técnico: Levir Culpi.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios