Geral

Destaques brasileiros na feira Première Vision Paris

A feira dedicada ao fornecimento de materiais para moda no segmento de luxo teve uma palavra unânime na pauta de todas as suas atividades em 2018: sustentabilidade. Na Première Vision Paris, encerrada na última sexta-feira (21), o tripé de responsabilidade nas práticas ambientais, sociais e econômicas esteve em debates, exposição de tendências e na pesquisa dos compradores. O evento teve a participação de três curtumes apoiados pelo projeto Brazilian Leather, uma iniciativa do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para o incentivo à participação do couro nacional no mercado externo.

Conta Letícia Luft, gerente do Brazilian Leather, que a Première Vision vem dando destaque há alguns anos a ações e projetos dedicados à sustentabilidade, mas que este posicionamento se mostrou ainda mais evidente na mais recente edição. “Ouvimos do público que visitou o estande do Brazilian Leather um interesse muito acentuado sobre questões como rastreabilidade e meio ambiente. É um movimento positivo da indústria e mostra que estamos no caminho certo”, comenta.

Um dos espaços mais privilegiados da Première Vision, o Smart Square, teve um ciclo de palestras dedicado ao tema Economia Circular, com espaço exclusivo em sua programação para a experiência do Brasil neste tema. Rafael Andrade, do CICB, palestrou sobre as parcerias internacionais do projeto Brazilian Leather no campo do design e da sustentabilidade.