DestaqueRS

Procon RS alerta para recalls do mês de outubro

A Toyota do Brasil Ltda. promove campanha de chamamento do veículo marca Toyota, modelo Prius, fabricados entre 13 de outubro de 2015 e 15 de maio deste ano, em que os últimos sete dígitos do chassi são 3000137-3602652. A empresa destaca que o modelo em questão possui um chicote elétrico que está conectado à unidade de controle de potência dos sistema híbrido. Pode acontecer que o chicote mantenha contato com a capa de proteção dele próprio e, se tal fato ocorrer, o atrito produzido entre ambas as peças causará o desgaste do isolamento do chicote com o risco de curto-circuito que poderá causar incêndio no compartimento do motor. O problema pode gerar danos materiais e lesões físicas graves ou até mesmo fatais ao condutor e demais ocupantes do veículo caso o incêndio se propague.

A HPE Automotores do Brasil Ltda promove campanha de chamamento dos veículos Mitsubishi ASX com número de chassis em ordem não sequencial DZA00101 a JCH33018 e Outlander com número de chassis em ordem não sequencial DZ002641 a GZA05021, fabricados entre julho de 2012 e outubro de 2017. Os proprietários devem comparecer em uma das concessionárias Mitsubishi Motors para efetuar a verificação e eventual substituição gratuita dos componentes da pinça de freio traseiro e/ou do ajustador automático do freio do estacionamento. A empresa constatou que devido à vedação inadequada do eixo da pinça do freio de estacionamento poderá ocorrer infiltração de umidade no interior da pinça e consequente oxidação do eixo. Além disso, em razão do processo de fabricação inadequado, o ajustador automático do freio de estacionamento poderá não funcionar corretamente, provocando a perda da força de travamento do veículo. Como consequência o veículo poderá se mover mesmo com o freio de estacionamento totalmente acionado com risco de causar danos graves e/ou fatais aos ocupantes do veículo e/ou terceiros.

A HPE Automotores do Brasil Ltda promove campanha de chamamento dos veículos Mitsubishi Outlander, fabricados entre setembro de 2016 e junho de 2018, com número de chassis em ordem não sequencial HJA00101 a JZA00390. Os proprietários devem comparecer em uma das concessionárias Mitsubishi Motors para realizar a reprogramação gratuita da Unidade de Controle Eletrônico do veículo. A empresa identificou a programação inadequada da Unidade de Controle Eletrônico do veículo afetando o correto funcionamento do Sistema de Suavização de Colisão Dianteira e do sistema de Controle de Estabilidade Ativa. Como consequência da falha no Sistema de Suavização de Colisão Dianteira o veículo poderá manter a frenagem moderada acionada por mais tempo do que necessário ou mesmo quando não houver objeto presente na zona de colisão. Além disso, em razão da falha no Sistema de Controle de Estabilidade Ativa, o veículo poderá apresentar comportamento inesperado, prejudicando a dirigibilidade do motorista, o que pode causar acidentes e consequentes danos graves e/ou fatais aos ocupantes do veículo e/ou a terceiros.

A Blue Cycle Distribuidora S.A. promove campanha de chamamento dos capacetes para bicicleta BLADE tamanho PP e P; MAGMA tamanho PP, P e ELLE tamanho P, com data inicial de fabricação em janeiro de 2015 e data final de fabricação em abril de 2018. A empresa foi informada que alguns capacetes não foram aprovados no teste para verificação de eficiência do sistema de fixação de acordo com as normas regulatórias da comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos. Como resultado, em raras circunstâncias, a cinta de fixação pode vir a se soltar durante o impacto. Tal fato somente diz respeito aos tamanhos PP e P dos capacetes. Mais informações podem ser obtidas no site www.lazersport.com.

A Yamaha Motor da Amazônia LTDA. promove campanha de chamamento das motocicletas modelo YBR125i Factor da marca Yamaha, modelos 2017 e 2018, a partir do chassi 9C6RE2120H0000101 até o chassi 9C6RE2120J0019900, fabricadas entre 1º/06/2016 e 29/08/2018 para reconfiguração da unidade de controle eletrônico. A empresa constatou pela matriz que a unidade de controle eletrônico não reconhece o sinal enviado pelo sensor de inclinação que informa a queda do veículo, consequentemente, a função de desligamento automático do motor não é acionada. Por conta disso, em caso de queda da motocicleta o motor não desligará automaticamente e, caso a motocicleta esteja engrenada, há o risco de a roda traseira continuar girando, atingindo o condutor, passageiro ou terceiros.

Para saber se um produto é objeto de recall, o consumidor deve entrar em contato direto com o fornecedor.

• A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) também mantém em seu site o sistema online de recalls (http://portal.mj.gov.br/recall), com as campanhas informadas ao DPDC desde 2002. Ao acessar o sistema é possível localizar o recall referente ao produto pesquisado, com informações sobre o período de fabricação do produto, lotes afetados, data de comunicação do recall, aviso de risco, entre outras.

Tags

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios