NegóciosSaúde

DASA realiza hackathon para propor soluções que melhorem jornada digital do paciente

Empresa visa melhorar área da saúde por meio da transformação digital

São Paulo, 18 de dezembro de 2018 – Um aplicativo que possibilita o agendamento e acompanhamento de exames médicos e a leitura dinâmica dos resultados laboratoriais: este foi o projeto ganhador da quarta edição do hackathon da DASA, maratona que visa acelerar a transformação digital da empresa, fazendo com que apresente melhorias aos serviços de saúde prestados à sociedade. O tema foi “Como transformar a jornada digital do paciente” – considerando as três etapas da jornada de um atendimento laboratorial médico: pré, durante e pós. Os 45 participantes e 30 mentores se reuniram por quase 30 horas em São Paulo, entre os dias 15 e 16 de dezembro. Foram recebidas mais de 210 inscrições.

O plano vencedor, nomeado YOURNEY, também incentiva a prática de atividades físicas em grupo e outros hábitos saudáveis, por meio de informativos, podcasts e vídeos instrutivos. Utiliza tecnologia ChatBot e técnicas de gamification para atrair e fidelizar seus usuários, que podem ser recompensados com descontos em academias, restaurantes, farmácias e supermercados após realizarem algumas atividades propostas pelo aplicativo. O grupo que o idealizou recebeu o prêmio de R$ 8 mil.

O prêmio de segundo lugar, de R$ 2 mil, foi para a Inddo, solução que integra a jornada digital do paciente, removendo barreiras de informação e comunicação. Sua missão é criar conexões inteligentes para a saúde, automatizando e digitalizando etapas. Usa o conceito de match para encontrar os melhores laboratórios para o convênio de cada usuário, mostrar o tempo de espera e o ranking avaliativo de cada local.

“Foi exigida muita empatia por parte dos participantes do hackathon da DASA, pois era preciso que entendessem as necessidades dos pacientes para que fosse possível elaborar as soluções. Os resultados foram fantásticos e o evento foi um grande aprendizado para a Shawee. Grandes ideias podem surgir de hackathons. As melhores, certamente, têm continuidade”, conta Rodrigo Terron, CEO da Shawee, plataforma de educação corporativa e mudança de mindset que utiliza hackathons como método de transformação, que montou a operação do hackathon da DASA.

Sobre a Shawee

A Shawee é uma plataforma de educação corporativa e mudança de mindset que utiliza o hackathon como um dos métodos para transformar e fomentar a cultura de inovação dentro de empresas. A plataforma surgiu após seus fundadores, Rodrigo Terron e Abraão Sena, organizarem alguns hackathons e perceberem que vários processos que envolvem a maratona poderiam ser automatizados. Porém, não é só isso que a plataforma proporciona. Com a Shawee, é possível que os projetos criados durante o evento não sejam perdidos ao final do hackathon. A startup já realizou eventos em 10 estados, para mais de 40 empresas, entre elas Uber, Itau, SAP, IBM, stone, Elo Cartões, Movile e outras.

Sobre a DASA

A DASA é a maior empresa de Medicina Diagnóstica da América Latina e a quarta maior do mundo, oferecendo mais de 3 mil tipos de exames laboratoriais e diagnósticos por imagem. Em análises clínicas, as amostras são coletadas nas mais de 500 unidades de atendimento e analisadas em laboratórios centrais. A DASA detém atualmente mais de 25 marcas distintas, presentes em 12 Estados brasileiros e Distrito Federal. Sua atuação é ainda maior, uma vez que além das unidades próprias, a DASA presta serviços de apoio para cerca de três mil laboratórios em todo o Brasil, por meio da marca Álvaro, e opera para o Setor Público, por intermédio da marca CientíficaLab.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios