ATUALDestaqueNegócios

Três fábricas da GM no Brasil recebem certificação ouro do WHC

Três fábricas da General Motors no Brasil receberam Certificação Ouro do Wildlife Habitat Council (WHC), graças ao comprometimento com a conservação da biodiversidade e a sustentabilidade das atividades praticadas. O WHC é uma ONG internacional que atua no engajamento e conscientização de empresas em relação à conservação do meio ambiente e da biodiversidade, propondo projetos anuais para as organizações que pretendem tirar a certificação.

As plantas de São Caetano do Sul, Joinville e Gravataí receberam a certificação ouro – o nível mais alto conferido pelo WHC – após o cumprimento dos desafios propostos em 2018. Estas conquistas estão alinhadas com o Compromisso das Metas de Sustentabilidade para 2020, definidas pela montadora, e que devem ser adotadas globalmente por todas as plantas.

O projeto de destaque da fábrica de São Caetano do Sul foi o Hotel de Insetos, apelidado de Insetolândia. Desenvolvido com a meta de abrigar e preservar insetos polinizadores, importantes agentes do equilíbrio do ecossistema, o “hotel” foi desenvolvido sobre a lateral de um automóvel Chevrolet Montana. Esta ação foi considerada a melhor do mundo em três categorias: Melhor Hotel de Insetos Geral, Melhor Hotel de Insetos Extragrande e Melhor Uso de Materiais Recicláveis na categoria Extragrande.

Em 2018, a GM Gravataí (RS) foi a primeira fábrica no Brasil a receber a certificação Ouro, com projetos de educação ambiental e aumento de fauna e flora. No total, a planta conta com 50 hectares de área de conservação ambiental, onde a vegetação nativa e os açudes originais foram mantidos; as 300 figueiras presentes na área onde fica a fábrica foram transplantadas para outra região do mesmo terreno, garantindo a presença da vegetação original. Um levantamento realizado pela Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul identificou 245 espécies de vegetais e 130 espécies de animais no local.

Já a unidade de Joinville apostou em um programa de conscientização ambiental, para alunos do ensino fundamental e para a comunidade, por meio de palestras e ações culturais. O programa foi responsável pela revitalização de uma praça de comunidade carente, com terraplanagem, plantio de arbustos, grama e mudas e inserção de bancos. Também foram feitas ações de engajamento como teatro de conscientização ambiental, oficina de brinquedos recicláveis e gincana de incentivo a melhorias ambientais e atividades sustentáveis.

Sustentabilidade: uma missão global da GM

Em 2017, a CEO global da General Motors, Mary Barra, anunciou a principal diretriz para a companhia, denominadaZero Zero Zero, cujo objetivo é trabalhar em prol de um sistema de mobilidade com zero emissão, zero acidente e zero congestionamento. Ou seja, um futuro mais sustentável, que conta, inclusive, com uma frota de carros elétricos e autônomos. Além dos esforços do time de engenharia, a organização definiu nove metas de sustentabilidade para suas plantas em todo o mundo, que são:

  • Reduzir o consumo de energia em 20%;
  • Aumentar o uso de energia renovável;
  • Reduzir a emissão de carbono;
  • Reduzir o consumo de água;
  • Reduzir a geração de resíduos;
  • Certificar 150 plantas como Zero Aterro;
  • Reduzir emissão de VOC;
  • Certificar todas as plantas no WHC;
  • Realizar anualmente atividades ambientais de engajamento com a população.

Os projetos reconhecidos pela WHC estão alinhados com a visão de futuro da GM e fazem parte de uma movimentação global da marca na direção da sustentabilidade. A empresa possui metas globais de redução de consumo de água e energia, investimentos em veículos 100% elétricos e projetos de educação e conscientização na área de preservação como parte deste ideal.

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios