Porto Alegre

Qualidade de vida tem quatro iniciativas escolhidas no Pacto Alegre

O encontro contou com o engajamento de mais de 60 pessoas de diversas entidades

Ideias transformadoras para a melhoria da qualidade de vida dos moradores de Porto Alegre foram selecionadas na manhã da última sexta-feira, dia 24 de maio, durante mais um evento do Pacto Alegre. Com o envolvimento de mais de 60 pessoas de várias entidades, foi concluída a fase de encontros dos macrodesafios, que são seis no total. Estes projetos selecionados serão apresentados para a Mesa do Pacto Alegre (composta por mais de 70 entidades), com reunião programada para o dia 31 de maio, no Campus da Unisinos, na capital gaúcha. As ideias serão avaliadas e priorizadas para que possam ser desenvolvidas de forma coletiva.

Publicidade

Por meio de uma metodologia que estimulou a interatividade entre os participantes, nesse encontro, foram apresentadas 12 propostas. Destas, quatro ações tiveram maior adesão coletiva, as quais foram:

Engaja POA: um ambiente de compartilhamento de iniciativas relacionadas à qualidade de vida que já foram desenvolvidas na cidade e que ainda não foram assistidas. Estas ações serão propostas pelos próprios cidadãos, que poderão participar por um mecanismo virtual (Instagram) ou, presencialmente, por meio de grupos de escuta;

Smart Cities 2 Generations: a proposta é criar uma cidade inteligente pensada para o bem-estar das crianças e dos idosos. A ideia é agrupar informações abastecidas por estes públicos, gerando conteúdos que sejam relevantes para estas duas gerações;

Publicidade

Mexe com Poa, do Centro à Periferia: o projeto tem como objetivo promover a qualidade de vida e inclusão social por meio do esporte, como corrida e caminhada, orientado por profissionais de Educação Física, em praças e parques, do centro à periferia da cidade. Contempla também a conscientização para alimentação saudável, desde as crianças até a terceira idade;

WOnd3r – Água maravilhosa: realizar a melhora da qualidade da água que chega até as torneiras das residências da população por meio de um projeto piloto que realizará os processos de ozonização e bioestabilização da água. Além disso, ampliar o acesso às informações de análises da qualidade da água para os moradores do município;

O Pacto Alegre tem a coordenação da Aliança para Inovação (constituída por UFRGS, PUCRS e Unisinos) e da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Análise dos encontros dos macrodesafios
Segundo o coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, o engajamento, o espírito coletivo e o exercício de um processo de cocriação foi elevado nos encontros realizados. “Tivemos um envolvimento crescente de participantes, com incorporação de muitas entidades, além das que estão na mesa, o que mostra que o processo está organicamente se ampliando, com uma aderência e compromisso crescentes”, enfatiza.

Ainda, conforme destaca o coordenador do Pacto Alegre, as ideias serão consolidadas para análise dos envolvidos da Mesa. “Estamos confiantes que, cada vez mais, o Pacto afirma-se como uma plataforma potente para se conectar, alinhar e aumentar o impacto das ações do abundante ecossistema de talentos e inovação da nossa cidade. A partir da reunião da Mesa, teremos o desafio de comunicar e envolver a nossa comunidade”, conclui.

Como os desafios foram escolhidos
Após a cerimônia de constituição da Mesa do Pacto Alegre, realizada a primeira reunião de trabalho do grupo no dia 26 de março, os desafios foram identificados como necessidades de enfrentamento pelos integrantes do Pacto. Neste encontro foram listados seis macrodesafios, que estão vinculados projetos e ações.

Os macrodesafios estão separados por: Talentos (gerar, manter e atrair talentos); Transformação Urbana (desenvolver ambientes inteligentes e criativos para viver e trabalhar); Ambiente de Negócios (gerar um ecossistema inovador de classe mundial); Imagem da Cidade Inovadora (promover a imagem de uma cidade inovadora); Qualidade de Vida (melhorar o bem-estar das pessoas em saúde, segurança, cultura e meio ambiente) e Modernização da Administração Pública (qualificar e facilitar o acesso aos serviços para a população e para as empresas).

Sobre o Pacto Alegre
O Pacto Alegre é uma proposta de movimento de articulação e eficiência na realização de projetos transformadores e com amplo impacto para a cidade. O objetivo é criar condições para que a cidade se transforme em um polo de inovação, atração de investimentos e empreendedorismo. O movimento prevê o compartilhamento de recursos e parcerias com o poder público e a iniciativa privada. A ideia é unir forças da cidade, de todos os segmentos, em prol de uma agenda comum.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar