DestaqueRS

Fecomércio-RS aponta queda na confiança de varejistas gaúchos

Percepção negativa dos empresários diz respeito às condições atuais e expectativas econômicas

Pela segunda vez consecutiva, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) registrou retração no Rio Grande do Sul, conforme pesquisa divulgada pela Fecomércio-RS na sexta-feira (31). Em maio, o ICEC atingiu 121,1 pontos, uma variação de 11,2% em comparação com o mesmo período em 2018, porém, na margem, este dado representou queda de 1,7%. A avaliação negativa se deu pela retração dos índices de condições atuais e de expectativas, enquanto o de investimento permaneceu praticamente estável.

“O resultado do levantamento aponta que o clima de incerteza tem afetado a percepção dos varejistas frente aos primeiros meses de 2019. Apesar da avaliação ainda ser superior com relação ao ano passado, os empresários esperam por sinais consistentes de melhora no cenário econômico e no mercado de trabalho”, destaca o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

Um dos fatores responsáveis pela queda da confiança dos empresários, o Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio (ICAEC) atingiu 105,3 pontos, depois de cair 3,1% frente a abril. Em relação a maio de 2018, houve avanço de 22,9%.

Indicando continuação no processo de ajuste das expectativas dos varejistas, o Índice de Expectativas do Empresário do Comércio (IEEC) recuou 1,9% em relação a abril, ao atingir 154,5 pontos. Quando comparado a maio do ano passado, a variação foi de 4,3%. Marcado pela estabilidade na passagem de abril para maio, o Índice de Investimentos do Empresário do Comércio (IIEC) registrou 103,4 pontos, uma variação de 11,5% em comparação com maio de 2018.

“As incertezas ligadas à aprovação da Reforma da Previdência e a falta de sinais de uma retomada mais vigorosa da economia acabam por diminuir a confiança do empresariado, condição fundamental para o investimento e geração de emprego” finaliza Bohn.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios