DestaqueNegócios

By Brasil: plataforma oferece estudos sobre Portugal

A economia portuguesa vem se expandindo nos últimos anos em função do aumento da demanda interna; com isso, o país alcançou o seu maior crescimento da década em 2017 (2,7%), e em 2018 expandiu 2,3%, de acordo com as estimativas do FMI. Desde o ano de 2014, o país vem se recuperando das consecutivas retrações acontecidas nos anos de 2012 e 2013, que acabaram influenciando na economia.

Essas, entre outras informações, estão disponíveis na Plataforma de Inteligência no site do By Brasil, Components, Machinery andChemicals – ação de incentivo às exportações realizada pela Assintecal e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), contando com parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq).

Publicidade

No ano de 2017, Portugal apresentou uma taxa de 2,7% de crescimento do PIB. Já as previsões para os anos de 2018 e 2019 é que o país continue crescendo, a taxas de 2,3% e 1,8%, respectivamente. Além disso, a tendência é que o Brasil volte a superar o crescimento português a partir de 2019.

A inflação no país continua a baixos patamares, tendo alcançado em 2017 um percentual de 1,4%. Já para os anos de 2018 e 2019, a taxa pode alcançar índices que girem em torno de 1,0% e 1,5%, respectivamente.

A taxa de desemprego em Portugal segue uma tendência de queda desde o ano de 2013. No ano de 2017, registrou seu mais baixo patamar no período 2012-2017, de 9,0%.A tendência para 2018 é que a taxa diminua para 7,7%, embora possa voltar a registrar 8,5% em 2019.

Publicidade

No ano de 2017, o país exportou 83.4 milhões de pares de calçados, produziu 82.2 milhões de pares, importou 58.2 milhões de pares e apresentou um consumo de 57 milhões de pares.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios