DestaqueRS

FIERGS: aprovação das privatizações é um avanço inédito em 30 anos

“A aprovação das privatizações de três estatais gaúchas significa um avanço inédito na gestão das contas públicas do Estado do Rio Grande do Sul”, disse o presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Ribeiro. Para ele, o governador e os deputados estão lançando as bases imprescindíveis para estimular um processo sustentado de crescimento da economia.

Gilberto Ribeiro lembra que a necessidade de uma nova configuração da gestão pública começou com o estudo da FIERGS denominado “Relatório Sayad”, lançado pela entidade em 1989, ou seja, há 30 anos a entidade vem defendendo a modernização do Estado com sugestões objetivas. Esse documento continha os alertas e os caminhos para o equilíbrio das contas públicas, listando as estatais com problemas. “Infelizmente, não foram tomadas todas as decisões a tempo de evitar o pior”, disse Gilberto Ribeiro.

Publicidade

Ele também citou que após o trabalho da FIERGS, veio a Agenda 2020, reforçando a necessidade de soluções, e no ano passado a Federação lançou a “Plataforma de Compromissos para um Brasil Industrial”, com propostas para a crise estatal gaúcha, incluindo as parcerias público-privadas, concessões de serviços e as privatizações.

“Passaram-se 30 anos do Relatório Sayad, mas ainda bem que agora os Poderes Executivo e Legislativo chegam a um consenso de avançar na modernização do Estado. Esperamos que as próximas etapas igualmente tenham êxito e sejam mais rápidas, como o equacionamento do sistema previdenciário”, enfatizou Gilberto Ribeiro.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios