RS

Mais de 11 mil árvores já foram plantadas em Passo Fundo

Desde sua implantação em 2013, o programa “Uma Criança, Uma Árvore” (idealizado pela Prefeitura de Passo Fundo com gerenciamento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente) já plantou mais de 11.615 árvores em escolas, ruas e nos mais diversos locais de lazer. Além de arborizar a área urbana, realiza homenagem para cada criança nascida no município com o plantio de uma árvore nativa e o certificado desta ação.

O programa é uma ação permanente da Prefeitura em favor da preservação do meio ambiente e pluralidade social, criando uma nova cultura de ações que são estendidas para diferentes espaços públicos e escolas, onde a comunidade, especialmente as crianças e jovens, são convidados a plantar árvores e preservar o meio ambiente.

Conforme o secretário de Meio Ambiente, Rubens Astolfi, o programa realiza o plantio também conforme o número de recém-nascidos registrados na cidade, todos os meses. Dessa forma, cada muda representa uma nova vida gerada em Passo Fundo. “Ao final de cada mês, recolhemos junto ao Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais, as crianças nascidas no município e enviamos um certificado para marcar o seu nascimento e homenagem do programa”, explicou.

Nesta semana foi realizado o plantio de mais de 20 árvores nativas em área junto ao Projeto TransformAÇÃO, na Vila Popular

Benefícios do programa

O projeto traz benefícios a todos, influenciando no clima, reduzindo a poluição atmosférica, além de oferecer uma grande quantidade de sombra, as quais amenizam altas temperaturas, servindo de abrigo e fontes de alimento para aves e outros animais. O Programa Uma Criança, Uma Árvore” traz a proposta de adoção de árvores por associações de bairros e moradores, setores empresariais ou individualmente, em que escolas e instituições de ensino realizarão o plantio.

Arborização mais segura – Convênio com RGE

A RGE é responsável pela execução da análise técnica das árvores que estão oferecendo risco à rede e necessitam de retirada. Como compensação, cabe à distribuidora executar o plantio de espécies adequadas, a fim de erradicar os riscos à população. Além disso, a compensação sempre é realizada com uma quantidade superior de árvores que foram suprimidas.

A atividade é feita em conjunto com a Secretaria do Meio Ambiente. Cada tipo de árvore em situação de risco é substituída ou compensada de acordo com critérios previamente estabelecidos.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios