RS

Produtores recebem informações sobre Plano Safra e Pronaf em Estrela

Assuntos foram tratados na reunião do Conselho de Desenvolvimento Agropecuário de Estrela

Os produtores que representam as comunidades do interior no Conselho de Desenvolvimento Agropecuário de Estrela (Codae) participaram, nesta quarta-feira (10.07), na Câmara de Vereadores, da reunião bimensal do órgão. Na ocasião, receberam informações e esclarecimentos sobre o Plano Safra 2019/2020, anunciado em junho. Houve palestra do engenheiro agrônomo do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, Álvaro Figueira Trierweiller, que falou sobre o Plano e as modificações que ocorreram na legislação, bem como sobre o enquadramento na Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), documento que identifica o produtor familiar e necessário para que esse agricultor possa participar das políticas públicas para a agricultura familiar.
Também houve a apresentação de projeto para instalação de energia solar em propriedades rurais, os custos e vantagens que o sistema pode trazer aos produtores, pois em alguns casos reduz a conta de energia em até 95%.

Custos de produção

O secretário da Agricultura e presidente do Codae, José Adão Braun, fez ainda uma avaliação sobre os custos de produção da safra de verão deste ano, que segundo estudo da Federação das Cooperativas do Estado (Fecoagro-RS) terá uma forte alta, dificultando a viabilidade econômica das duas principais culturas, soja e milho. De acordo com o secretário, o estudo mostra que boa parte da elevação está no aumento dos insumos, que deverão ficar em média 10% mais caros. Já nos fertilizantes, segundo ele, a alta deve ultrapassar 20%.
Comentou ainda sobre o recente acordo firmado entre Mercosul e a União Europeia, de livre comércio com isenção de tarifas, o que deve causar um “perde e ganha” na economia primária do Brasil. “Um dos produtos sensíveis é o leite, que deverá sofrer forte pressão pela importação de produtos lácteos da Europa, como leite em pó e queijos, carregados de incentivos e sem qualquer taxação. Serão necessários fortes providências governamentais no sentido de resguardar a sobrevivência da nossa produção”, avaliou o secretário.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios