RS

Lajeado investe em carro adaptado para cadeirantes

A Prefeitura do município, através da Secretaria da Saúde, atende cerca de 35 cadeirantes

Para garantir a dignidade e conforto de todos, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), recebeu o primeiro veículo adaptado para que, além do transporte normal, também garanta acessibilidade no transporte de cadeirante. O investimento do veículo foi de R$ 120.900,00 com recursos oriundos da devolução da Câmara de Vereadores, referente ao ano de 2018. O carro já está em circulação desde terça-feira, 27/08.

Fotos: Pietra Darde

A minivan Chevrolet SPIN possui adaptação interna para transportar um cadeirante e outros 5 passageiros. Ainda em fase de adaptação, a primeira viagem levou cerca de 10 minutos, distância entre a Univates e a casa de Francisco Luis Lopes de Calais, 54 anos, e foi repleta de significados. O primeiro paciente a ser transportado no veículo utiliza o serviço de transporte da Sesa, uma vez por semana, para fazer hidroterapia na Univates, e conta como foi a experiência. “A própria palavra acessibilidade significa você poder ir e vir por você mesmo, sem depender de um terceiro. A viagem foi muito boa, tranquila e segura. Com essa tecnologia eu me sinto respeitado. É uma benção, uma maravilha”, ressaltou Francisco.

Publicidade

O veículo será utilizado para transportar pacientes atendidos pela rede à Univates, Unidades de Saúde, consultas e exames dentro do município e para diversas cidades da região. “Temos uma grande responsabilidade em cuidar da saúde dos nossos munícipes e isso inclui adaptar a nossa frota para garantir que todos tenham um atendimento confortável, acessível e de qualidade. É muito além de um simples carro, mas sim, ele evoca respeito, igualdade e dignidade que todos os seres humanos devem ter”, disse o secretário da Saúde de Lajeado, Cláudio Klein.

Com um elevador especial de acesso para o cadeirante, o carro também auxilia o próprio motorista. Há 15 anos que Paulo Alvicio Link transporta pacientes pela Secretaria da Saúde. Para ele, o novo veículo é uma grande conquista. “Alguns conseguiam se ajudar, mas muitas vezes enfrentávamos dificuldades para transportar os cadeirantes. Estou muito feliz com o novo carro, pois é uma forma de valorizá-los e também de nos valorizar” , contou Link.

Hoje, a Secretaria da Saúde de Lajeado atende cerca de 35 cadeirantes.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar