DestaqueSerra Gaúcha

Identificados os responsáveis por vazamento de tinta em córrego de Farroupilha

Secretaria do Meio Ambiente trabalhou com agilidade para apontar a origem do derramamento de tinta para tecido em córrego de município

A equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente encontrou nesta sexta-feira, 04, o caminhão responsável pelo derramamento de tinta para tecido na via pública. Conforme o Secretário Tiago Ilha, o veículo estava no pátio de uma empresa, que tentava fazer a lavagem do mesmo.

Publicidade

A Secretaria foi acompanhada pela Guarda Municipal por diversos pontos da cidade na busca pela empresa. Após encontrar o local onde se encontrava o material, foi acionado o apoio do Batalhão Ambiental da Brigada Militar (Patran) A partir da vistoria no local, a secretaria solicitou que o caminhão e o solo sejam limpos e descontaminados, além de suspender as atividades na área contaminada da empresa, em um prazo de três dias. Caso não sejam cumpridas as determinações, a empresa sofrerá a interdição total das atividades e demais cominações legais.

Crime ambiental: produto químico é despejado em rio de Farroupilha

Publicidade

Entenda o caso

Nesta quinta–feira, 03, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente recebeu uma denúncia da população sobre coloração azul da água na região próxima ao Campo do Pipireta. Prontamente os fiscais do município investigaram as causas, e conseguiram seguir o rastro do pigmento até a rua São Vicente, onde constataram a origem do vazamento.

A tinta, por meio de uma boca de lobo na rua Giácomo Mandelli, entrou na rede de escoamento pluvial, alcançando a futura área de preservação Santa Rita. Moradores também relataram que substância já teria alcançado a Capela de todos os Santos (Busa), que pertence à bacia Taquari/Antas.

“A equipe atuou com rapidez e contou com a colaboração da comunidade. A Secretaria já encaminhou a amostra coletada para análise de alguns parâmetros, como metais pesados que, em determinadas concentrações, podem ser prejudiciais à saúde e ao meio ambiente”. Dados já levantados apontam para a hipótese do vazamento ter relação com outros acontecimentos recentes, relatados pela comunidade.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar