DestaqueRS

Instituições recebem doações em Santa Maria

Devido ao temporal que atinge Santa Maria desde o começo da semana, as sedes da Defesa Civil Municipal (Rua Boa Vista, 50, no Bairro Pinheiro Machado) e da Guarda Municipal (Rua Sete de Setembro, 910, Bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro) estão abertas para receber doações que serão destinadas para as famílias atingidas. Entre o que é mais necessário, estão colchões, roupas e alimentos não perecíveis.

Os telefones para entrar em contato com os locais são estes:

Publicidade

Defesa Civil Municipal – (55) 3222-5192
Guarda Municipal – 153

Além desses números, é possível pedir ajudas por estes:

Defesa Civil Estadual – 199
Corpo de Bombeiros – 193

Publicidade

Áreas de risco são monitoradas

Uma ponte na Rua Irmã Dulce, no Bairro Renascença, começou a ser monitorada na quarta-feira (30). Parte da cabeceira cedeu, pois uma tubulação que passa pela travessia rompeu, aumentando o fluxo de água e causando o dano. Somente veículos de passeio e pedestres podem passar por ela. Veículos de grande porte, como ônibus e caminhões, estão proibidos de passar. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) foi acionada para fazer a avaliação técnica e já realizou o conserto provisório. Nova vistoria será feita nesta sexta-feira (1º) pela Prefeitura.

No balneário Passo do Verde, no Distrito de Passo do Verde, o Rio Vacacaí está 7 metros acima do nível normal. Algumas famílias, por precaução, já deixaram suas residências. Uma equipe da Defesa Civil deve voltar ao balneário nesta sexta-feira (1º) para averiguar a situação.

Outra área que está sendo monitorada pela equipe da Prefeitura é a Rua Júlio Sochetti, no Bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Algumas árvores correm o risco de cair, razão pela qual os cortes serão feitos nesta sexta.

A Defesa Civil também entregou lonas para famílias que tiveram suas casas destelhadas. Bairros da Região Norte, como o Caturrita, estão entre os mais atingidos.

A Secretaria de Educação esclarece que as seguintes escolas estão com as aulas suspensas em função de destelhamentos que causaram problemas na rede elétrica: Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Casa da Criança, Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Lourenço Dalla Corte, EMEF Diácono João Luiz Pozzobon, EMEF Martinho Lutero, Escola Municipal de Aprendizagem Industrial (EMAI) e EMEF São João Batista. A EMEF Hylda Vasconcellos, que suspendeu as aulas na quinta-feira (30), voltará a ter aulas nesta sexta. A Secretaria realizará novas vistorias nesta sexta para avaliar a situação dos locais. Os alunos e pais ou responsáveis foram informados sobre a suspensão das aulas.

Já a Secretaria de Saúde divulgou que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Joy Betts segue com os atendimentos suspensos, pois sofreu destelhamento devido ao temporal.

Outros locais que sofreram danos devem ser avaliados pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos e pela Secretaria de Desenvolvimento Rural para que os consertos sejam providenciados.

Como proceder em casos de desastres naturais

Consulte, clicando aqui, como agir em caso de desastres naturais. No documento, há orientações em relação a vendavais, inundações e alagamentos, deslizamentos e desabamentos de construções, raios e descargas elétricas e chuva de granizo. Em cada tema, há dicas e procedimentos a serem adotados para a segurança pessoal e da comunidade.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar