DestaqueRSVariedades

Festa do Morango atrai milhares de visitantes em Pelotas

O fim de semana foi marcado por grande movimento no meio rural de Pelotas. A 3ª Festa Municipal do Morango reuniu milhares de pessoas, de todas as idades, sábado (9) e domingo (10), em Monte Bonito, 9º distrito, na Comunidade Redentor da Estrada da Gama. Nem mesmo a instabilidade ocasional afastou aqueles que se programaram para aproveitar as atrações artísticas e culturais do evento, o show das bandas, a gastronomia típica, os produtos expostos e à venda, o morango in natura e produções derivadas, como mousses, tortas, espetinhos, geleias, bolos, cucas e outras receitas. A prefeita Paula Mascarenhas e o vice Idemar Barz uniram-se aos organizadores para recepcionar os visitantes e dar as boas-vindas.

A 3ª edição da Festa do Morango foi organizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com participação e apoio da Emater, Embrapa, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação de Comerciantes de Hortifrutigranjeiros de Pelotas (ACHP) e Universidade Federal de Pelotas (UFPel), além da própria Comunidade Redentor, como sede do evento.

Publicidade

“A qualidade do morango – fruto do empenho dos produtores, do envolvimento e da dedicação com a atividade de cultivo – é o grande destaque na produção de Pelotas”, afirmou a prefeita, ao cumprimentar todos os envolvidos com a cultura.
Paula, destacando mais uma vez o valor da atividade primária e a importância do homem do campo, citou realizações do Governo para fortalecer a zona rural, como obras, escolas, unidades de saúde, o transporte coletivo com a mesma tarifa da cidade e a política de agroindústrias.

“Tínhamos sete agroindústrias. Agora, temos mais de 30 e vamos chegar a 50”, frisou. A área consolidada abre espaços para novos empregos e geração de renda”, disse Paula.
Na tarde de domingo, a chefe do Executivo, Idemar e o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel, visitaram todos os espaços sediados na feira, desde o dos expositores até o dos produtores, inteirando-se aos serviços, produtos, e comércio de diversos itens, como artesanato com materiais variados, que resultaram em peças de utilidade e/ou de decoração, flores para ambientes como jardins e interiores, agroindústrias, parte técnica ocupada pela Emater e Embrapa, e de agricultores.

Prefeita visita todos os expositores e espaços especiais – Fotos: Michel Corvello

A rainha do morango, Valentina Schillim Hartwig, e a princesa Daniela Contreira Duarte acompanharam a visita da prefeita aos espaços da Festa, colaborando para atrair o público e divulgar ainda mais a fruta, visando estimular o hábito do consumo. A corte também tratou de informar que, até o dia 17, a Feira Municipal do Morango prossegue na cidade, com pontos fixos no Centro e itinerantes nos principais bairros. Na Feira, a venda é direta do produtor ao consumidor e a fruta é comercializada em embalagens padronizadas, garantindo a qualidade.

Publicidade

Abertura oficial

A abertura oficial da 3ª Festa Municipal do Morango contou com a manifestação do agricultor Mário Milech, em nome dos produtores. Ele contou que participa das atividades de cultivo do morango desde pequeno, quando acompanhava seus avós na lavoura, e garantiu que a cultura avança em Pelotas, “com melhor produção, melhor técnica e mais tecnologia”. Assim, agradeceu à Prefeitura, Emater e Embrapa, pelo apoio à atividade.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e do Sicredi Zona Sul, Nilson Loeck, fez referências e destacou o titular da Comunidade Redentor, Edgar Donini, por ter aceito a Festa do Morango desde a 1ª edição. “Ele abraçou o evento sem saber se iria dar certo”. O gerente geral da agência Pelotas do Banrisul, César Berwig, parabenizou os envolvidos e salientou a importância da integração da cidade com a zona rural. “O Banrisul está investindo no treinamento em suas agências, para melhor atender o produtor rural”, informou. O Sicredi e o Banrisul/Vero Cartões foram patrocinadores da Festa.

Para o vereador e presidente da Associação de Produtores de Hortifrutigranjeiros de Pelotas, José Paulo Benemann (PSDB), “os produtores são o destaque da Festa”. Benemann agradeceu às entidades que apoiam a evolução da cultura do morango, especialmente as técnicas – Embrapa e Emater, além da Prefeitura, pelo estímulo à cultura, por meio das políticas públicas empregadas.

“Estamos tentando promover cada vez mais o morango produzido na nossa zona rural. Vivenciamos uma evolução significativa. Triplicamos a área plantada e a fruta é de alta qualidade. A cadeia produtiva torna-se importante no cenário do agronegócio de Pelotas”, avaliou o secretário Jair Seidel.
Para o secretário, “Pelotas já está ficando pequena e parte para abrir novos mercados”. A produção deste ano está estimada em 1.600 toneladas de morango.

Estiveram presentes no palco da abertura oficial da 3ª Festa Municipal do Morango os vereadores Zilda Bürkle (PSB), Vicente Amaral (PSDB) e Éder Blank (PDT); o chefe geral da Embrapa Clima Temperado, Roberto Pedroso; o gerente regional da Emater, Ronaldo Maciel; o chefe do Escritório Municipal da Emater, Francisco Arruda; e o administrador do 9º distrito, Monte Bonito, Carlos Holz.

O evento também contou com o apoio das secretarias de Transporte e Trânsito e de Segurança Pública, por meio da Guarda Municipal, além do Sanep, que disponibilizou contêineres para lixo e garantiu abastecimento de água.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar