DestaqueSerra Gaúcha

Bento Gonçalves premia alunos da Olimpíada de Língua Portuguesa

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é um concurso de produção de textos direcionado a alunos de escolas públicas de todo o país, do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Neste ano, a iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social promove sua 6ª edição.

O concurso integra o Programa Escrevendo o Futuro, cujo objetivo é contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras. Com o tema “O lugar onde vivo”, a proposta favorece aos alunos estreitarem vínculos com a comunidade e aprofundarem o conhecimento sobre a realidade, contribuindo para o seu desenvolvimento como cidadãos. O concurso é desenvolvido em cinco categorias: Poema, Memórias Literárias, Crônica, Documentário e Artigo de Opinião.

Publicidade

Nesta edição, o município de Bento Gonçalves contou com a inscrição de 11 escolas e com a participação de 21 professores. Depois de selecionados nas escolas inscritas, os textos foram encaminhados para a Etapa municipal, cujos vencedores representaram o município na etapa seguinte.

A seleção das produções na Etapa Municipal foi realizada pela seguinte Comissão Julgadora: professora Marli Teresinha Fronza – Docente de Língua Portuguesa da Rede Municipal de ensino; professora Neiva Morello Michelin – Representante da 16ª Coordenadoria Regional de Educação; e professora Andréia Kanitz – Docente de Língua Portuguesa do Instituto Federal do Rio Grande do Sul.

Seguem os trabalhos vencedores da Etapa Municipal:

Publicidade

POEMA

  • Texto vencedor: Minha cidade querida
  • Autor: FELIPE NOVELLO
  • Professor Orientador: MARCOS FONTANA CERUTTI
  • Escola: Municipal de Ensino Fundamental Santa Helena

Minha cidade querida

O lugar onde vivo

Tem vinícola e moinho

Onde se faz pão,

Tomando um copo de vinho.

Onde vivo tem gente bacana,

Somos quase todos de origem italiana,

O povo é hospitaleiro

E prospera o ano inteiro.

[…]

MEMÓRIAS LITERÁRIAS

  • Texto vencedor: Um apito no tempo
  • Autora: KIMBERLY WEBERS
  • Professora Orientadora: IRACI NETTO
  • Escola: Municipal de Ensino Fundamental Santa Helena

Um apito no tempo

Minha mente guarda muitas histórias do passado, momentos vividos há mais de 50 anos e que muito me marcaram. Tenho que dizer que nem sempre estive aqui, nasci no interior de Veranópolis, mas hoje tenho um orgulho imenso de falar que sou cidadão bento gonçalvense. Gosto de dizer que minha vida começou aos 18 anos, quando ingressei no Primeiro Batalhão Ferroviário de Bento Gonçalves. Que saudade tenho daquele tempo, o começo de uma vida de muita responsabilidade e trabalho!

[…]

Entre tantos trens que operei, cheguei a conduzir uma máquina de cento e seis vagões. Era tão grande que parecia serpentear, perdendo-se entre as montanhas.

[…]

CRÔNICA

  • Texto vencedor: O Curioso
  • Autor: PEDRO HENRIQUE DOS SANTOS LUCCA
  • Professora Orientadora: ADRIANA ROGGIA DEBIASI
  • Escola: Municipal de Ensino Fundamental Ernesto Dorneles

O curioso

[…] Fui dormir pensando como seria a vida antigamente. Quando eles acabaram de construir os trilhos? Eles ficariam felizes do que havia sido feito do trabalho deles? Percebo que isso para mim era tão sem explicação, quanto se existem outros seres no universo. Pensei em quanto conhecimento eu poderia ter agregado a essa simples curiosidade. Levantei da cama e comecei a pesquisar sobre os trens que já tinham passado por Bento. O principal, que já é daqui, a Maria Fumaça, funciona até hoje e ainda é um dos principais pontos turísticos de toda a serra gaúcha. Enquanto lia isso, recordei-me das tantas noites em que na casa da minha avó, eu esperava o trem passar, só para admirar as suas luzes. […]

DOCUMENTÁRIO

  • Trabalho vencedor: Da uva ao vinho
  • Autoras: EDUARDA BRAUN, AMANDA RAIMUNDI ZANETTE e MORGANA TONELLO
  • Professora Orientadora: KARINE ANTONIA PANIZZI BECKER
  • Escola: Municipal de Ensino Médio Alfredo Aveline

Da uva ao vinho

SINOPSE

Bento Gonçalves, cidade localizada no interior do Rio Grande do Sul, é a capital brasileira do vinho. Tornou-se famosa por ser palco da imigração italiana, conservando e adotando várias de suas tradições, como o cultivo e consumo da uva e do vinho. A partir dessa tradição, surge grande apreço pelos produtos derivados da uva, fazendo com que haja maiores investimento na área e, por consequência, maior presença de vinícolas. Começamos então a contar a história da Cooperativa Vinícola Aurora que, desde 1931, é responsável por transformar vidas e sonhos, além de intensificar a cultura e a economia da Serra Gaúcha (…).

ARTIGO DE OPINIÃO

  • Texto vencedor: As uvas marginalizadas
  • Autor: MARCOS EDUARDO TONELLO
  • Professor Orientador: CARLOS ALEXANDRE INDALENCIO SOARES
  • Escola: Municipal de Ensino Médio Alfredo Aveline

As uvas marginalizadas

Bento Gonçalves, batizada, em sua origem, de Colônia Dona Isabel e conhecida anteriormente como Cruzinha, está localizada no nordeste do estado do Rio Grande do Sul. A cultura italiana está, de fato, presente em todos os pilares desta cidade desde a chegada dos primeiros imigrantes italianos em 1870. Graças à necessidade de subsistência e a descoberta de um solo fértil e adaptável à cultura, os primeiros habitantes da região adotaram o plantio da uva que foi crescendo devido à demanda até chegar ao patamar em que se encontra atualmente. Conhecida como a Capital Brasileira da Uva e do Vinho, a cidade onde vivo está literalmente “bordada de parreirais”, como diz o hino oficial de Bento Gonçalves, e é nesses parreirais que se encontra a fonte da riqueza: a uva e o trabalho. […]

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar