Geral

Mulher é presa por maus-tratos contra idosos em Porto Alegre

Na manhã desta quinta-feira (12), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Pessoa Idosa coordenou uma operação integrada com a Secretaria Municipal de Segurança Pública, Vigilância em Saúde, Secretaria Municipal de Saúde e Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), que culminou na interdição de uma clínica clandestina em que residiam 14 pessoas em situação degradante no bairro Mário Quintana, em Porto Alegre.

Publicidade

Na ocasião, a proprietária foi presa em flagrante pelos crimes de maus-tratos contra idoso e de abandono de incapaz. Ela era curadora de pelo menos 5 residentes, sendo localizados na sua posse documentos de empréstimo consignado em nome de curatelados e comprovantes de transferência bancária de contas de curatelados para contas de terceiros.

A mulher possui antecedentes por diversos crimes contra idosos, como estelionato, maus-tratos e abandono.

Segundo a Delegada Cristiane Ramos, a ação teve início a partir de denúncia anônima que relatou os maus-tratos que ocorriam no local. Os idosos seguem sendo avaliados pelo Samu, já tendo sido removidos dois para atendimento hospitalar, e a Fasc permanece no local fazendo acolhimento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.