DestaqueRS

Abertura da Colheita do Tabaco no RS aconteceu em Arroio do Tigre

Nesta sexta-feira (13), cerca de 300 pessoas participaram da 3ª Abertura Oficial da Colheita do Tabaco do Rio Grande do Sul, na propriedade dos agricultores Jeferson Stertz e Simone Catieli Chaves Stertz, na comunidade de Linha Paleta, interior de Arroio do Tigre.

Atualmente o tabaco é cultivado por 75 mil produtores, em 227 municípios gaúchos. Na safra 2018/2019, segundo informações do Sinditabaco, foram produzidas 312 mil toneladas em 142 mil hectares, gerando uma receita de R$ 2,9 bilhões aos produtores gaúchos.

Publicidade

Em sua fala, o presidente do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), Iro Schünke, lembrou que o tabaco representa 10% das exportações gaúchas e é o segundo produto mais embarcado, atrás somente da soja. Já o presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Benício Albano Werner, lembrou que as condições climáticas desta safra trouxeram prejuízos aos produtores e destacou a importância do apoio dos governantes para a cadeira produtiva. “Cada vez mais, nós produtores, precisamos do apoio dos órgãos públicos. Ou começam a olhar mais o lado da produção, ou cada vez mais, o produtor se sacrifica e não tem retorno financeiro”, frisou.

Na oportunidade o diretor de Políticas Agrícolas e de Desenvolvimento Rural da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Ivan Bonetti, que esteve representando o secretário Covatti Filho, e destacou a importância da cultura para a cadeia produtiva.

Presente no evento, o diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, frisa a importância da cultura para a sucessão rural. “Nós tratamos o público assistido como um todo. Essa é uma cultura importantíssima que ajuda em muito a permanência do produtor no meio rural e na sucessão rural. Esse produtor vem com um grande conhecimento sobre as questões ambientais, o uso de EPI, que são coisas que a Emater preconiza sobre a saúde do produtor. Queremos dar o foco na geração de renda que movimenta não só as empresas do setor, mas o mercado local e faz com que as famílias permaneçam no meio rural”, destaca Rugeri.

Publicidade

Abertura Oficial da Colheita do Tabaco foi promovida pela Seapdr, junto da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e Prefeitura de Arroio do Tigre. Entre as lideranças presentes esteve o gerente regional adjunto da Emater/RS-Ascar, Carlos Corrêa da Roda, o prefeito e vice-prefeito de Arroio do Tigre, respectivamente, Marciano Ravanello e Vanderlei Hermes, senador Luiz Carlos Heinze, o deputado federal Heitor Schuch, o vice-presidente da Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (AmproTabaco, prefeito de São Lourenço dos Sul, Rudinei Harter, entre outros.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar