DestaqueRio Grande do Sul

Escola de Hackers forma 135 alunos em Passo Fundo

Um dos programas mais premiados da Prefeitura de Passo Fundo, o Escola de Hackers, celebrou a formatura de 135 alunos, de nove escolas municipais. Desde 2014 o programa ajuda a formar hackers, ou seja, pessoas que desenvolvem habilidades e técnicas em qualquer área, sendo movidas pela criatividade para melhorar o mundo com sua atuação.

Publicidade

Os alunos de cada uma das quatro frentes do Programa receberam certificados e medalhas. O Programa, que nasceu voltado para alunos do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), apresenta dois desdobramentos: o Berçário de Hackers, voltados para crianças da educação infantil (de 5 e 6 anos), a fim de trabalhar com noções básicas de lógica de programação; e a Escola de Hackers Avançada, criada para os participantes que obtiveram destaque na Escola de Hackers, com foco em desenvolver habilidades na área de robótica. Além disso, também foi criada a Academia White Hat, voltada para a terceira idade.

Em 2020 o programa terá novidades. Além da ampliação para 26 escolas, estão previstas turmas na Estação Cultural da Gare, na Biblioteca Municipal, novos cadernos didáticos, “fabriqueta de softwares” e olimpíada municipal de programação de computadores.

O Escola de Hackers tem a intenção de oportunizar um espaço para o desenvolvimento de competências na área de programação de computadores e de raciocínio lógico-matemático para estudantes de escolas municipais. Entre seus objetivos, busca criar alternativas de utilização para os laboratórios de informática das escolas públicas, proporcionar atividades que visam o desenvolvimento de processos criativos, sistemáticos e colaborativos de aprendizagem e, por fim, fomentar o interesse em torno das áreas de informática e matemática.

A coordenação é realizada pelo servidor do Núcleo de Tecnologia da Secretaria de Educação, João Martins, sendo ligada à Coordenadoria de Inovações Educacionais da pasta. O secretário de Educação, Edemilson Brandão, ressalta que o programa Escola de Hackers é referência educacional no Rio Grande do Sul e forma pessoas para serem protagonistas no uso da tecnologia. Para o idealizador do Escola de Hackers, o professor Dr. Adriano Canabarro Teixeira, a linguagem do século 21 é a programação de computadores.

O Escola de Hackers é um programa de governo da Prefeitura de Passo Fundo em parceria com Universidade de Passo Fundo (UPF). A ideia surgiu no Grupo de Estudo e Pesquisa em Cultura Digital na Educação da UPF, projeto que migrou para o município.

O que é hacker?
O hacker é aquela pessoa que desenvolve habilidades e técnicas em qualquer área, sendo movido pela criatividade para melhorar o mundo com sua atuação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.