DestaqueSerra Gaúcha

Bento Gonçalves é cidade amiga da pessoa idosa

Bento Gonçalves recebeu a certificação de adesão ao programa “Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa”. O objetivo da iniciativa é promover a integração de políticas públicas e dos diversos setores para aumentar e apoiar a participação de pessoas acima de 60 anos na sociedade.

Publicidade

O programa é desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e incentiva as cidades a promoverem ações destinadas ao envelhecimento ativo, saudável, sustentável e cidadão da população, principalmente das pessoas mais vulneráveis.

Em Bento Gonçalves, o trabalho realizado em prol do público tem se destacado. As ações desenvolvidas pelo município na gestão da saúde integral do idoso são consideradas referência no Estado.

Na Atenção Básica são realizados atendimentos agendados aos idosos. A Secretaria de Saúde disponibiliza grupos de educação em saúde com atividade física, artesanato, envolvendo palestras sobre cuidados com a saúde, prevenção de quedas, maus tratos, prevenção de cânceres como: boca, próstata, mamas, útero, pulmão e intestino. Na saúde mental, prevenção de suicídio, entre outros. Campanhas vacinais, além do atendimento em cuidados paliativos com a equipe do Programa Melhor em Casa, também são ofertados.

Outra iniciativa é o Programa de Convivência de Idosos, desenvolvido pela Secretaria de Habitação e Assistência Social, que conta com cerca de 1.000 participantes em seus 23 grupos, que recebem atividades voltadas à saúde, bem-estar e lazer.

No âmbito cultural, também são promovidas oficinas voltadas à terceira idade, como crochê, amigurumi, ginástica, artesanato sustentável e informática, que contaram com a participação de cerca de 55 idosos.

Bento também conta com o Conselho Municipal do Idoso (COMUI) – órgão de caráter propositivo, consultivo, fiscalizador, normativo e deliberativo – que tem como objetivo formular e promover políticas e ações governamentais destinadas a assegurar pleno bem-estar aos munícipes das faixas etárias pertinentes.

A Estratégia divide-se em etapas, que vão desde a adesão dos municípios, criação de conselhos, realização de diagnósticos, até a elaboração de planos municipais e de legislação que apoiem a execução de ações voltadas para um envelhecimento saudável da população local.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo