Publicidade
DestaqueRegião Metropolitana

Rio Gravataí está próximo do nível de racionamento

Fundação Municipal do Meio Ambiente alerta para o uso consciente da água

Período do ano propício para banhos de piscina e mangueira, o verão costuma ser a estação com maior uso de água. Mesmo utilizando com consciência, a falta de chuva, o aumento no consumo e as altas temperaturas ocasionam uma baixa no nível do Rio Gravataí. Os últimos dados da Defesa Civil de Gravataí mostram que ele já está aproximadamente um metro abaixo do seu nível normal. A Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA) alerta que em aproximadamente uma semana o Rio entra no nível de racionamento.

Para fugir desse calor, as famílias montam as piscinas e liberam o uso de mangueiras e bexigas d’água para seus filhos. O presidente da FMMA Luiz Zaffalon orienta para o uso consciente da água nessa época do ano. “Precisamos entender que a resposta para essa situação é utilizar com sabedoria. Não tem problema se divertir com as crianças e arrumar uma fuga para o calor, mas devemos fazer isso da forma correta. Não trocar a água da piscina diariamente. Não deixar mangueiras abertas durante toda a tarde. É possível se divertir e ensinar as crianças a ajudarem o meio ambiente”.

O monitoramento da Defesa Civil de Gravataí é feito diuturnamente e alerta para a baixa do rio. Se o uso não for feito de forma consciente e o tempo continuar seco, é possível que haja racionamento nas próximas semanas. Em períodos de baixa é aconselhável não molhar a grama e os jardins, assim como não lavar carros e calçadas.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar