Rio Grande do SulSaúde

Passo Fundo tenta reverter classificação em Bandeira Vermelha

Município protocola recurso ao Estado do RS após classificação

Na última sexta-feira (26) Passo Fundo foi classificada em bandeira vermelha pelo plano de distanciamento do Estado. Neste sábado (27), um recurso foi protocolado devido ao questionamento de alguns dados que fizeram a cidade passar da cor laranja para a vermelha. O Governo do Estado dá 36 horas, após a divulgação das bandeiras, para contestações.

Publicidade

Conforme o prefeito Luciano Azevedo, o recurso foi elaborado com todos os cuidados jurídicos e sanitários. “Nós estamos tendo todo o critério para verificar aqueles pontos de discordância eventuais ao Governo do Estado, com absoluto cuidado com a saúde da população. Existe um sentimento de injustiça, mas vamos contestar respeitosamente, dentro da regra que foi estabelecida pelo governo. Temos muita esperança e muita expectativa de que o governo possa ser sensível aos nossos argumentos e possa manter Passo Fundo e toda a região na bandeira laranja”, afirmou.

O principal questionamento é em relação aos critérios que o Estado usou para classificar a região e Passo Fundo, como o uso do arredondamento. O Município entende que está no nível 2 de bandeira laranja, pelos próprios dados fornecidos pelo Estado. Entretanto, pelo critério de arredondamento, a região foi colocada em nível 3.

O Comitê de Orientação Emergencial (COE) também se reuniu para fornecer subsídios e informações. Um dos pontos destacados é o cálculo de ocupação geral das UTIs e da UTI covid, um dos itens de cálculo. Nas UTIs, o município conta com pessoas de cidades que não fazem parte da região que Passo Fundo pertence, conforme é considerado pelo Estado no cálculo. Entretanto, mesmo assim, essas cidades contam como se fossem da região de Passo Fundo.

Passo Fundo conta com dois recursos, um do município e outro realizado através da Associação dos Municípios do Planalto (Ampla).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.