Publicidade
Rio Grande do SulSaúde

Novembro Azul: Santa Casa conduz seis estudos clínicos em câncer de próstata

Dia 17 de novembro é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. A data integra o Novembro Azul, mês em que são lembrados os cuidados com a saúde masculina, principalmente a esta doença que, a cada ano, registra mais de 65 mil novos casos no Brasil. A campanha da Santa Casa de Misericórdia e Porto Alegre Seja um modelo de prevenção: vista esta causa, tem como foco tornar os homens protagonistas no que diz respeito aos cuidados com a sua saúde, mais precisamente em relação ao câncer de próstata.

Pórtico de entrada da Santa Casa de Porto Alegre – Fotos: Divulgação

A fim de melhorar a qualidade de vida dos pacientes diagnosticados com câncer de próstata, a Santa Casa de Porto Alegre conduz, atualmente, seis estudos clínicos relacionados ao tema patrocinados pela indústria farmacêutica. São pesquisas cujos objetivos consistem em descobrir ou verificar os efeitos farmacodinâmicos, farmacológicos, clínicos e/ou outros efeitos de produto(s) e/ou identificar reações adversas ao produto em investigação, a fim de averiguar sua segurança ou eficácia.

Publicidade

Entre os estudos, está o PROTEUS/PCR 3011, conduzido pelo Centro de Pesquisa Novos Tratamentos em Câncer, que tem como pesquisador responsável o médico Giovani Thomaz Pioner. Esta pesquisa investiga a eficácia do tratamento farmacológico do paciente com câncer de próstata. “Essas pesquisas beneficiam tantos os nossos pacientes usuários do Sistema Único de Saúde, que têm à sua disposição tratamentos inovadores que em breve estarão disponíveis a toda a população, capazes de melhorar a qualidade de vida e garantir uma maior sobrevida a estes pacientes, além de contribuir para a sustentabilidade da Santa Casa, uma vez que esta é uma fonte de receita muito importante para a instituição, que sofre, a cada ano, com um déficit de mais R$ 100 milhões referente aos atendimentos que realiza ao SUS”, explica o diretor médico e de ensino e pesquisa da Santa Casa Antônio Kalil.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo