Novo HamburgoVale do Sinos

Farmácia do Hospital Municipal atende 300 prescrições diárias de medicamentos

Setor do hospital de Novo Hamburgo conta com cinco farmacêuticos e 40 atendentes

O foco de uma farmácia hospitalar é assegurar o uso correto e racional de medicamentos e insumos, com atenção à prevenção nas áreas de saúde e sustentabilidade. Com esta pauta sobre o setor, a intenção é dar mais visibilidade ao trabalho incessante de cuidados farmacêuticos realizado com grande responsabilidade dentro da estrutura do Hospital Municipal de Novo Hamburgo (HMNH).

De acordo com a coordenadora da Farmácia da FSNH, a farmacêutica Clara Regina Fröhlich, diariamente, 300 prescrições médicas são atendidas em média pelo setor, além da dispensação de demandas emergenciais. “A gente procura fazer um trabalho em conjunto, porque a nossa organização requer uma equipe bem unida para cobrir com eficácia as escalas em todos os turnos”, observa.

Além da Farmácia Central, a casa de saúde pública mantém uma farmácia satélite no Centro de Triagem Covid (CTC) e uma farmácia junto ao bloco cirúrgico do Hospital Municipal de Novo Hamburgo. No total, o quadro conta com cinco farmacêuticos e 40 atendentes capacitados e altamente treinados para desempenhar as suas atividades no dia a dia. “O que inclui ainda a atenção profissional na UPA Centro e na UPA Canudos”, acrescenta Clara.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo