Rio Grande do Sul

Recursos da Lei Aldir Blanc injetam R$ 1 milhão no setor cultural de Passo Fundo

Nesta sexta-feira (23), em um ato ocorrido na Arena do Instituto Histórico, no Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto, em Passo Fundo, foi feita a entrega simbólica das premiações aos cerca de 330 projetos contemplados pelo edital ‘Ações Culturais das Comunidades’, que destinou R$ 1 milhão para o setor cultural da cidade através da Lei Aldir Blanc.

O prefeito de Passo Fundo Pedro Almeida destacou a importância do fomento às ações culturais e reforçou que a Lei Aldir Blanc é um instrumento que vem possibilitando não apenas a sequência de projetos e coletivos artísticos durante a pandemia, mas também a renda de muitos trabalhadores que atuam neste setor.

Lançado com a proposta de selecionar iniciativas coletivas culturais de base comunitária desenvolvidas dentro dos bairros pertencentes ao programa RS Seguro, o edital que resultou na destinação destes recursos foi uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, da CUFA de Frederico Westphalen e do Governo do Estado.

Para o secretário de Cidadania e Assistência Social, Saul Spinelli, a Prefeitura e a CUFA trabalharam em sintonia na busca ativa destas ações que poderiam ser contempladas. “Auxiliamos na identificação e na análise das informações para garantir que todos os critérios do edital fossem atendidos. A Lei Aldir Blanc tem auxiliado diversas iniciativas da cultura e ficamos muito felizes ao ver muitos coletivos, agentes culturais e instituições de Passo Fundo beneficiadas”, apontou.

Ações positivas

Neste edital, foram destinados prêmios no valor de R$ 2 mil para agentes culturais; de subsídio para estruturação e qualificação de coletivos não formalizados (sem CNPJ ativo), no valor de R$ 5 mil; e de R$ 10 mil para coletivos formalizados (com CNPJ ativo). A secretária de Cultura, Miriê Tedesco, afirmou que a premiação destas iniciativas em cultura reacende a importância de que a produção artística seja valorizada.

Um dos agentes culturais beneficiados com recursos do edital é o coordenador do grupo de capoeira Angola Liberdade Casagrande, Evandro Mesquita.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo