Publicidade
Rio Grande do Sul

Lajeado: veja as restrições previstas no decreto que vale até 31 de maio

Nesta quinta-feira (20), a Prefeitura de Lajeado publicou um novo decreto que detalha regras mais restritivas em relação às propostas no novo sistema 3As do Governo do Estado.

A decisão se deu após avaliação do cenário pelo seu Comitê de Contingenciamento do Covid-19, composto por setores do município, representantes do Hospital Bruno Born, da Unimed VTRP e da Univates. A ideia é agir antes que a pandemia em Lajeado se agrave, evitando ter que tomar medidas mais drásticas mais à frente.

As novas medidas impactam principalmente nos setores de esporte, bares e restaurantes, casas noturnas e de festas. Além disso, a Prefeitura de Lajeado também irá reforçar a fiscalização para garantir o cumprimento dessas regras.

No dia 31 de maio, o Comitê de Contingenciamento do Covid-19 fará uma reanálise dos dados para avaliar o comportamento da pandemia, com possibilidade de restringir mais ou relaxar medidas.

Veja as restrições previstas no decreto, que entrou em vigor ontem (20) e segue até o dia 31 de maio:

Esporte

– Jogos de esportes coletivos de contato (futebol, basquete, entre outros) ficam suspensos até 31/05

– Competições esportivas de qualquer tipo ficam suspensas, sem previsão de liberação num primeiro momento

Bares e restaurantes

– Bares e restaurantes têm restrição de horário: abertura até 22h e saída do último cliente até as 23h

– Não será permitido música ao vivo e nem pista de dança

– Mesas com distância de 2 metros uma da outra, com no máximo 5 pessoas por mesa

– Fila externa é responsabilidade do proprietário

– Não será permitido clientes em pé

Casas noturnas e de festas

– Casas noturnas com atividades suspensas

– Casas de festa infantis com permissão de eventos limitadas a máximo 50 pessoas (respeitando regras extras de ocupação e distanciamento), de preferencialmente crianças de até 12 anos e 4 horas por evento, com fechamento até 23h

Escolas

– As escolas da rede pública e privada de ensino devem funcionar normalmente, observando os protocolos sanitários

– Cursos livres seguem permitidos neste momento

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo