Publicidade
Agronegócio

Agropecuária Pitangueira e Cabanha do Posto vencem em Uruguaiana com plateia nacional

Marcando uma tendência que veio para ficar nos julgamentos de animal de raça, as transmissões on-line da 18ª Expoutono de Uruguaiana deram eco para as vitórias obtidas pela Agropecuária Pitangueira, de Quevedos (RS), e pela Cabanha do Posto, de Uruguaiana (RS). Além do público que esteve em pista na tarde ensolarada de sábado (29/05) no Parque Agrícola e Pastoril, dezenas de criadores prestigiaram o evento da raça Angus. Estreando nas pistas da Fronteira-Oeste, o criador Ricardo Prado Pinto fez dobradinha ao conquistar o grande campeonato entre os ventres com a vaca RPP Campana da Pitangueira 9141 (box 15), prenha e com cria ao pé.

A fêmea vitoriosa é apenas um dia mais nova do que sua meia-irmã, a vaca RPP Campana da Pitangueira 9137 (box 16), também da Agropecuária Pitangueira, que arrematou o título de reservada de grande campeã da exposição. Ambas as matrizes são filhas do reprodutor SAV Brilliance 8077. “Vir na terra de grandes campeões pela primeira vez e ganhar nos mostra que estamos no caminho certo”, disse orgulhosa a médica veterinária e criadora Hirya Fernandes Pinto. Segundo ela, o prêmio é fruto da dedicação da família e da equipe de trabalho envolvida. E a Pitangueira tem planos audaciosos. Com algumas cartas na manga, prepara o rebanho para levar à Expointer se a feira for confirmada. A terceira melhor fêmea da Expoutono é 4 Linhas Adaga Teia 102 Final Product (box 2), da Fazenda 4 Linhas, de Guaíba (RS), do criador Luiz Antônio Menezes.

Segundo o jurado Frederico Ormazabal Sastre, a final das fêmeas trouxe um lindo conjunto. “São animais carniceiros e funcionais. Essa linha tinha animais equilibrados, com boa estrutura e amplitude carniceira, além de um excelente padrão racial”. Posição reforçada pelo inspetor técnico e diretor da Associação Brasileira de Angus Flávio Alves, que comentou o julgamento durante a transmissão, comandada pelo gerente de Fomento da associação, Mateus Pivato, pela TV el Campo. “É um momento de recompensa ao trabalho da cabanha, que envolve manejo sanitário, nutricional e genético”, explicou Alves.

Entre os machos, a Cabanha do Posto, de Uruguaiana (RS), sagrou-se ao conquistar o grande campeonato da 18ª Expoutono com o touro Tellechea Confidence 3230 (box 24). A propriedade também levou o título de terceiro melhor macho com o animal Tellechea 3662 Turning Point (box 20). Satisfeito com a adesão à exposição mesmo em tempos de pandemia e com o retorno positivo dos amigos que viram o julgamento pela internet, o criador Sérgio Tellechea, disse que a vitória tem gostinho de retomada. “Foi uma disputa importante, com nível de animais acima do esperado”. O prêmio de reservado de grande campeão ficou com o reprodutor São Bibiano Líder 7995 (box 23), da Cabanha São Bibiano, de Uruguaiana (RS).

Ao encerrar o julgamento, o jurado Frederico Ormazabal Sastre ressaltou o preparo dos reprodutores que viu em Uruguaiana. “Os machos apresentaram excelente arqueamento de costela, boa condição carniceira e equilíbrio”, conclui, agradecendo o convite do Núcleo Angus Três Fronteiras, promotor da 18ª Expoutono de Uruguaiana.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo