Rio Grande do Sul

Pardais começam a operar nas ruas de Santa Maria nesta segunda, 21

Três tipos de infração de trânsito serão registradas pelos equipamentos. Porém, durante a madrugada, da meia-noite às 6h, apenas excesso de velocidade vai gerar autuação

A partir da próxima segunda-feira (21), os motoristas devem estar mais atentos no trânsito de Santa Maria, pois começam a operar plenamente os controladores de tráfego de velocidade. A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, informa que os equipamentos que passarão a registrar infrações de trânsito na próxima segunda-feira estão instalados em seis cruzamentos da área central do Município (confira, mais abaixo, os locais onde os controladores de tráfego passarão a funcionar plenamente a partir dessa data).

A atuação no controle de tráfego, com foco na velocidade dos veículos que transitam pelas vias urbanas e nas infrações de risco, tem como objetivo reduzir sinistros no trânsito. Com base no levantamento estatístico de sinistralidade realizado pela Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, com dados de 2019 e 2020, mostram que o atropelamento é a maior causa de mortes no trânsito em Santa Maria, e as colisões laterais envolvendo motociclistas são a maior causa de lesões corporais.

Foto: João Vilnei /PMSM

Conforme explica o secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi, os controladores de tráfego já estão instalados nas principais vias da cidade tendo várias funções, entre elas: verificar veículos furtados, clonados, envolvidos em ocorrências ou procurados pela polícia, no contexto do sistema de cercamento eletrônico; e no controle de tráfego, para fiscalizar e inibir excesso de velocidade, assim como fiscalizar e inibir passagens de veículos em sinal vermelho do semáforo e as paradas sobre as faixas de pedestre. O propósito é melhorar a segurança no trânsito.

“O monitoramento se dará em tempo real, 24 horas por dia, sete dias na semana. Importante ressaltar que, durante a madrugada, da meia-noite às 6h, estarão isentos de infração os motoristas que passarem o sinal vermelho do semáforo e os que avançarem sobre a faixa de segurança, porém, a infração por excesso de velocidade durante a madrugada será registrada, gerando multa ao infrator”, alerta o secretário Ponsi.

Os controladores de tráfego fazem parte de mais uma etapa do cercamento eletrônico, sendo a concretização de um projeto moderno e inovador de segurança, proposto pelo Executivo Municipal, que contempla ainda o videomonitoramento de pontos estratégicos da cidade por mais de 800 câmeras com a mais alta tecnologia e que tem sua central funcionando junto ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

Locais dos pardais e velocidade máxima

Confira, abaixo, os locais onde os controladores de tráfego passarão a funcionar plenamente a partir de 21 de junho de 2021 e a velocidade máxima permitida nessas vias:

  • Rua do Acampamento com a Avenida Medianeira – 40 Km/h
  • Avenida Nossa Senhora das Dores com a Rua General Neto – 50 Km/h
  • Avenida Rio Branco com a Rua Vale Machado – 50 Km/h
  • Avenida Presidente Vargas com a Avenida Borges de Medeiros – 50 Km/h
  • Avenida Medianeira com a Rua Duque de Caxias – 50 Km/h
  • Avenida Medianeira com Rua Barão do Triunfo – 50 Km/h

Os motoristas que forem flagrados pelos novos equipamentos de controle de tráfego excedendo o limite de velocidade da via, passando no sinal vermelho do semáforo ou parando sobre a faixa de pedestre nesses locais receberão a notificação emitida pelo Departamento Nacional de Trânsito (Detran). As penalidades para essas infrações e os valores das multas são os seguintes:

Art. 208 – Passagem no sinal fechado do semáforo
Infração gravíssima: R$ 293,47 e 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Art. 183 – Parar sobre a faixa de pedestres
Infração média: R$ 130,16 e 4 pontos na CNH

Art. 218 I – Excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido
Infração média: R$ 130,16 e 4 pontos na CNH

Art. 218 II – Excesso de velocidade entre 20% e 50% além do limite permitido
Infração grave: R$ 195,16 e 5 pontos na CNH

Art. 218 III – Excesso de velocidade com 50% além do limite permitido
Infração gravíssima (R$ 293,47 x 3): R$ 880,00 e 7 pontos na CNH

Redução de velocidade máxima

Três das principais vias de acesso à área central de Santa Maria, as avenidas João Luiz Pozzobon, Hélvio Basso e Walter Jobim, que estavam sinalizadas com a velocidade máxima permitida de 60 km/h, passaram a ter seu limite de velocidade reduzido para 50 km/h. Essa mudança ocorreu ao longo da semana passada, conforme atualização da sinalização viária, e foi necessária em decorrência de estudo técnico realizado, que constatou excesso de velocidade e risco potencial de agravamento de sinistros no trânsito, principalmente de atropelamentos.

Após a aferição dos controladores de tráfego com a devida velocidade máxima permitida, haverá um período de adaptação dos equipamentos. A previsão é de que os equipamentos comecem a funcionar a pleno nessas três vias entre o final de junho e o começo de julho.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo