Rio Grande do Sul

4ª Coxilha Instrumental acontece em paralelo a 41ª Coxilha Nativista

A 41ª Coxilha Nativista, marcada para os dias 28, 29, 30 e 31 de julho em Cruz Alta, terá em paralelo a realização da 4ª edição da Coxilha Instrumental, com shows na abertura e no encerramento de cada noite, dando espaço para nomes consagrados do gênero e, também, para os novos talentos. Renato Borghetti, Lucio Yanel, Marcello Caminha, Leonel Gomez e João Vicenti, do grupo Nenhum de Nós, serão alguns dos artistas que farão parte da mostra, que terá transmissão online diretamente do palco do Clube Arranca.

O projeto tem recursos da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal, em parceria com a CCGL que é, pelo quarto ano, a patrocinadora oficial da Coxilha Instrumental, responsável pelos espetáculos do festival, bem como pela estrutura do evento.

De acordo com Vladimir Colombelli, integrante da Organização da Coxilha Nativista, a grande novidade é que, nesta edição, haverá o tradicional livreto com as músicas em formato virtual, facilitando ao público que irá acompanhar as lives o acesso ao conteúdo das letras e demais informações contidas no mesmo. Ele estará disponível nas plataformas de transmissão da 41ª Coxilha Nativista.

PROGRAMAÇÃO

28/07 (quarta-feira) – Coxilha Nativista Instrumental, com shows de João Vicente; Matheus Alves e Guilherme Goulart;

29/07 (quinta-feira) – 1ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista, abertura com o projeto Coxilha Instrumental com shows de Lúcio Yanel e Marcello Caminha e Leonel Gomez, com posterior participação de músicos, instrumentistas e intérpretes de Cruz Alta e do Estado do RS;

30/07 (sexta-feira) – 2ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista, abertura com o projeto Coxilha Instrumental, com shows de João Paulo Deckert e Renato Borghetti, com posterior participação de músicos, instrumentistas e intérpretes de Cruz Alta e do Estado do RS;

31/07 (sábado) – abertura com o projeto Coxilha Instrumental, com shows de Léo Soares e Joca Martins e Grande Finalíssima da 41ª da Coxilha Nativista.

O festival fará um resgate do tradicionalismo, no ano em que o município de Cruz Alta completa 200 anos. As lives serão transmitidas através da Página Oficial da Prefeitura Municipal, no Facebook.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo